Quanto cobrar por Aula Particular?

Pedagogia
Quanto cobrar por Aula Particular?
Profes
em 10 de Agosto de 2016

Se você está em dúvida quanto cobrar por uma aula particular, saiba que existem diversos fatores que influenciam no preço final de sua aula particular.

Os 5 fatores mais importantes para determinar quanto cobrar pela tutoria são:

  • Localização
  • Matérias, disciplinas e especialidades oferecidas
  • Formação e qualificações acadêmicas
  • Pacotes de aulas
  • Experiência e avaliações anteriores

Sabemos que esses fatores são importantes na hora de definir o valor da sua hora de trabalho como professor particular. Entretanto, para definir o o valor final também é importante pesquisar o preço oferecido pela concorrência.

Não adianta você definir um valor e não ter alunos, nada mais incongruente que um professor que fala: “eu cobro R$ 200 pela aula” e não possui nenhum aluno (ou possui muito menos do que desejaria).

Portanto, além de olhar para o mercado competitivo, para compensar-se de forma coerente, o professor particular precisa internalizar no seu valor de aula particular os seguintes custos:

  • Tempo de deslocamento se der aulas a domicilio (em casa)
  • Despesas de deslocamento
  • Tempo de preparação dos materiais e das aulas
  • Custos de Marketing e da procura de alunos (como planos profes, por exemplo)
  • Custos de uma agenda ociosa

 

1) Cuidado ao cobrar o mínimo possível

Os pais e responsáveis comparam preços, mas não necessariamente contratam os mais baratos. Lembre-se que aula particular não é uma commodity (um produto idêntico, comparável).

Um valor muito baixo pode passar a imagem de desespero, problemas em encontrar alunos ou mesmo falta de competência em dar aulas. Os pais dos alunos precisam confiar que o professor particular tem a habilidade dar aulas com qualidade. Afinal é o passar de ano, progresso acadêmico e a escola dos filhos que está em jogo.

Existe uma história bem interessante e ilustrativa sobre o assunto. Uma farmacêutica, fabricante de aspirina para bebês, era líder de mercado por vários anos até que os competidores começaram a vender a mesma solução a um preço mais alto. Os pais passaram a comprar o produto mais caro. Por quê? Quando os pais compram algo para seus filhos, eles estão pensando em proteção. Eles querem o melhor para seus filhos, algo que resolva o problema, e não se importam com o que eles têm que fazer para conquistar o que desejam. Após meses de vendas baixas, a farmacêutica aumentou seu preço consideravelmente e viu suas vendas dispararem.

Então pense duas vezes antes de diminuir o preço baseado na concorrência. Veja como utilizar o marketing para passar a percepção de grande qualidade e cobrar um valor justo.

 

2) Compare os preços com professores particulares similares

Também não é possível cobrar um valor muito superior ao preço de mercado. Os pais não vão fatorar somente o valor na hora de adquirir uma aula particular para seu filho ou sua filha, porém não vão contratar um professor particular com preço muito acima do praticado no mercado.

Um professor particular nunca é igual ao outro, nunca. Plataformas de aulas particulares como o profes, por exemplo, ajudam a dar transparência para o mercado. Não somente os alunos estão vendo os valores de cada professor, mas os professores também. Faça uma pesquisa detalhada dentro de suas especialidades, compare formação, localização, marketing pessoal, os pacotes de aulas oferecidos e as avaliações recebidas pelos seus professores concorrente. Essas informações te ajudarão a definir o seu preço.

O mais importante é: aperfeiçoe cada um destes itens diariamente, tenha boas avaliações, dê aulas dentro da plataforma, tenha um perfil completo e bem estruturado. Suba seu preço paulatinamente e você verá que o número de solicitações de aulas irão aumentar.

 

3) Os efeitos da localização no valor das aulas particulares

Não tenha dúvida que, para aulas a domicílio, os valores de aulas vão variar imensamente entre uma região e outra. Muito disso é atribuído ao custo de vida da cidade.

Há também fatores de oferta e demanda a serem considerados. Cidades grandes tem muitos alunos procurando aulas, porém há uma enorme quantidade de professores oferecendo o serviço, principalmente em disciplinas mais concorridas como Matemática, Inglês, Português e Física.

 

4) Os efeitos da disciplina no valor das aulas particulares

Não tenha dúvida que independente da quantidade de aulas de uma certa disciplina nas escolas, existem graus de dificuldade maiores por parte dos alunos para algumas disciplinas e matérias do que para outras. E neste sentido, aulas destas disciplinas tendem a serem mais caras.

Observe também que alguns assuntos são estudados por quase todos alunos em algum momento. E é por isso também que a demanda é mais alta. Mas isso também significa que a oferta é mais alta, dado que muitos professores estudaram esses assuntos também em suas vidas.

De forma geral, incluindo a demanda e oferta, aqui está uma lista ordenada do maior valor para o menor das principais matérias:

  • Matemática (inclui cálculo, engenharia)
  • Física
  • Química
  • Português
  • Biologia
  • História
  • Geografia
  • Contabilidade
  • Inglês
  • Informática (inclui Office, Excel, programação, Photoshop)

 

Veja tabela comparativa abaixo de preços de aulas particulares incluindo algum dos fatores mencionados:

 

Disciplina

Cidade do professor

Nível

Valor mínimo

Valor máximo

Exatas (Matemática, Física, Química, Engenharia)


Humanas (história, geografia, administração, economia, filosofia, pedagogia, etc.): assuma um valor 10% menor


Biológicas (medicina, biologia, enfermagem, nutrição, odontologia, etc.): assuma um valor 5% menor.


Idiomas (Inglês, Alemão, Italiano, japonês, etc.) pense em pacotes de muitas aulas e assuma valor 20% menor.


Informática (Excel, Photoshop, programação, Office, etc.): assuma um desconto de 10% neste valor


Artes (Fotografia, Mágica, Pintura, Design, artesanato, culinária): vai depender muito da especialidade.

Grande

Superior

R$ 80

R$ 100

Pequena

Superior

R$ 65

R$ 90

Grande

Concurso

R$ 90

R$ 120

Pequena

Concurso

R$ 70

R$ 100

Grande

Ensino Médio / ENEM / Vestibular

R$ 60

R$ 90

Pequena

Ensino Médio / ENEM / Vestibular

R$ 45

R$ 80

Grande

Ensino Fundamental

R$ 55

R$ 85

Pequena

Ensino Fundamental

R$ 40

R$ 70

 

5) Os efeitos do marketing, preparação e agenda ociosa

Estes são os custos mais difíceis de considerar na hora de precificar suas aulas. Quanto tempo se gasta com cada uma destas atividades? Depende. Depende do aluno, depende da época do ano, depende do esforço do professor particular em querer se destacar no meio de tantos professores.

Mas um fato é indiscutível, quanto mais tempo e mais constante o professor particular se dedica a melhorar seu perfil nas plataformas de professores particulares como o profes, nas mídias sociais, em plataformas como o Linkedin, melhor serão suas chances de ser contratado.

Portanto agora é hora de decidir quanto cobrar por sua aula particular. Considere todos estes itens, multiplique por uma taxa de ociosidade e ao final compare com outros professores similares de sua região ou online (se também dá aulas online com o quadro profes, por exemplo). E não se preocupe, a demanda por professores particulares é imensa, fique afiado que os alunos procurarão por você.

Cadastre-se ou faça o login para comentar nessa publicação.
Franklin Batista
em 07 de Setembro de 2017

Obrigado!

Cadastre-se ou faça o login para comentar nessa publicação.
Fatima Santos
em 24 de Junho de 2017

Obrigada pelas dicas!

Cadastre-se ou faça o login para comentar nessa publicação.

Confira artigos similares

Confira mais artigos sobre educação

Ver todos os artigos

Encontre um professor particular

Busque, encontre e converse gratuitamente com professores particulares de todo o Brasil