Estudando para Redação
Luana Sigari
em 06 de Abril de 2015

ESTUDANDO PARA REDAÇÃO

( Técnicas tudo para você ir bem, tanto no Enem quanto em provas que precise de redação )

Profº Luana Sigari

 

1º) Veja o tema de redação e faça uma leitura cuidadosa da prova - Essa é a principal dica e vai influenciar todo o seu desempenho. Leia e releia a proposta e os textos de apoio. Dê uma lida também nas questões da prova. Pode ser que alguma informação ajude no tema da redação. Atenção: essa etapa é essencial para que você não fuja do tema.

2º) Elabore o projeto de texto e escolha uma tese - Esse é o momento em que você deve escolher a sua abordagem e os argumentos que usará para defender sua tese. Separe as ideias principais sobre o assunto em um rascunho. Na tese, escolha um tema que você domine para argumentar e expor o seu ponto de vista.

3º) Faça a primeira versão do texto - Nessa etapa do rascunho, preocupe-se com o conteúdo e não com a gramática. Foque sua atenção para organizar os argumentos da melhor forma. As ideias devem fazer sentido e devem estar ligadas entre si. Um texto bem amarrado valoriza a sua argumentação e fará com que o corretor não se sinta confuso ao lê-lo.

Lembre-se da estrutura básica da dissertação-argumentativa

Introdução

Apresente o tema e o recorte que você fará dele. Evite fazer rodeios. É recomendável que a tese seja exposta para direcionar a leitura e mostrar sua linha de raciocínio. Lembre-se de que na dissertação seus argumentos devem ser usados para convencer quem estiver lendo.

Desenvolvimento

Defenda a sua tese apresentando ideias que a justifiquem, de forma consistente, e apresente seus argumentos. Essa parte é importante, por isso coloque tudo da forma mais clara possível para que o leitor compreenda seu ponto de vista. Para deixar organizado, uma dica é reservar um parágrafo para cada argumento, analisando todos os aspectos que você quer abordar.

Conclusão

Retome as ideias expostas na introdução, junto com os principais argumentos que a justificam para confirmar a tese e encerrar o debate. Diferente das outras redações, no Enem é nessa parte que você deve propor a solução ao problema, a partir dos pontos já levantados durante sua redação.

4º) Revise o texto: Agora é hora de corrigir a gramática e encontrar outros errinhos na sua redação. Caso tenha dúvida na grafia de alguma palavra, tente substituir por outra expressão. Preste atenção se não existe alguma frase sem sentido perdida pelo texto e avalie se há coerência entre as ideias.

5º) Passe o texto a limpo: Finalmente, essa é a última etapa da redação. Por isso a importância de preparar seu texto em um rascunho. Respeite o limite de linhas e não coloque informações fora da área de correção.

Mais algumas dicas de Redação e Técnicas

Para lembrar:

  • Não se critica ou reformula algo que não se conhece bem.
  • Se não houvesse questionamento ainda viveríamos em cavernas.
  • O diálogo (do grego dia=movimento através, logos=palavra) com o leitor é fundamental.
  • É preciso antecipar os questionamentos possíveis do leitor, no sentido de manter um diálogo aprofundado e inteligente.
  • Já para os gregos, a arte do diálogo tinha o sentido de convencer através da palavra.

São muitas as ideias que permeiam nosso pensamento. Tudo o que você leu, viu e ouviu fazem parte do seu repertório pessoal. Como vimos anteriormente, há um conhecimento pré-existente acerca dos fatos históricos, culturais e científicos, em nossa cultura ocidental, aceitos como verdadeiros. O tempo todo confrontamos o que já conhecemos com a novidade.

Aceitar ou não é uma questão de juízo de valores. Todo juízo de valor implica em outro que o questiona ou contradiz. Esse processo do pensamento em se questionar e contradizer chama-se dialético. É uma oportunidade de observar a realidade sob vários pontos de vista. Há três momentos no processo dialético do pensamento:

TESE

ANTÍTESE

SÍNTESE

Ideia inicial

Ideia contrária

União dos opostos

A estrutura básica do texto que você escreve corresponde aos três momentos do raciocínio dialético. A princípio, temos a introdução, ou seja, a descrição do tema ou ideia inicial. Em seguida, o desenvolvimento: o questionamento em relação à ideia inicial. Finalmente, a conclusão, ou seja, a união dos argumentos mais contundentes de cada ideia.

As três partes que estruturam o texto, que também podem ser denominadas: prólogo, corpo e epílogo; começo, meio e fim; introdução, miolo e final; primeira, segunda e terceira parte. O mais importante é compreender que um bom texto depende de uma boa estrutura. Mas, fique tranquilo, mais adiante veremos com mais cuidado cada parte da estrutura.

 

São Paulo / SP
Graduação: Medicina Veterinária (UNICAMP)
Formada em Contabilidade pelo SENAC, cursando 3° ano de Medicina Veterinária, concurseira, e professora particular nas horas vagas. Dou aulas online há mais ou menos três anos, com intuído de ajudar alunos do ensino médio e concurseiros. Dou aulas presenciais, com pacotes que são pagos por mês, sendo, para Enem, Ensino Médio, Reforço Escolar, concursos etc ( Inclui todas as Matérias )... Aulas presenciais são essenciais para os alunos que gostariam de se sentir mais seguros, com uma pessoa ...
Matemática para Enem, Geografia para o ENEM, Geografia para Vestibular, Geografia para Ensino Médio, História para Ensino Médio, História para Vestibular, História para o ENEM
Oferece aulas online (sala profes)
R$ 60 / aula
Conversar
Cadastre-se ou faça o login para comentar nessa publicação.

Confira artigos similares

Confira mais artigos sobre educação

Ver todos os artigos

Encontre um professor particular

Busque, encontre e converse gratuitamente com professores particulares de todo o Brasil