10 dicas para não ter problemas com dinheiro
Nildvan C.
em 04 de Maio de 2016

Equilíbrio Orçamentário – É muito fácil gastar dinheiro e muito difícil ganhar!

 

Um tema em voga que remete à responsabilidade com que se trata a gestão das contas, nos remete a uma reflexão importante.

Indivíduos, famílias, empresas ou instituições sem fins lucrativos, ou mesmo o Estado, devem planejar as entradas e saídas de dinheiro para que não se deparem com uma situação de desequilíbrio financeiro.

 

Por quê?

 

Pelo simples fato de que dinheiro não dá em árvore, cada gasto deve ser planejado em função da previsão de entrada de recursos.

 

Um excesso de pagamentos em relação aos recebimentos, gera um déficit que tem que ser coberto com recursos emprestados de terceiros. Normalmente, o custo desse dinheiro é relativamente alto. Além disso, para pagar esses empréstimos, temos que abrir mão de recursos futuros.

Muitas vezes não nos damos conta de que um estouro no orçamento presente representa um comprometimento do futuro. Recursos de que poderíamos dispor para gastos no nosso orçamento ou para poupança, ficam comprometidos com despesas de juros e amortizações futuras.

Para não cair nessa armadilha, seguem 10 dicas importantíssimas no trato com dinheiro:

1)    Elabore seu orçamento. O ideal é que você o faça anualmente. Isso faz com que você veja antecipadamente, sem o calor da emoção, as suas necessidades e os recursos que vai precisar. Imponha-se uma meta de poupança. Não faça um orçamento sem previsão de superávit. A qualquer momento pode ocorrer contingências. Você precisa estar preparado. Pode não haver a quem recorrer ou pode custar caro um empréstimo.

 

2)    Controle suas vontades e desejos. Cuidado com modismos. Está no orçamento? Antes de comprar responda a uma pergunta simples: eu preciso mesmo disso? E precisa ser agora?

 

3)    Faça um planejamento da compra. Pesquise fornecedores e preços. Evite compras por impulso. Os preços oscilam muito em função de vários fatores como disponibilidade, concorrência, promoções, etc.

 

4)    Prefira ter dinheiro primeiro para depois gastar. Receitas são sempre probabilidade. Você pode ter colocado no seu orçamento previsões de entradas referentes ao seu salário, ou a prestação de serviços que você supõe que vai executar. E se você perder o emprego? E se o contratante mudar de ideia?

 

5)    Prefira comprar à vista. Com dinheiro na mão você pode negociar descontos. Via de regra os preços a prazo embutem juros. Compras à vista facilitam o controle orçamentário.

 

6)    Tenha disciplina. A cada gasto, atualize o seu orçamento. Faça a comparação do planejado com o executado. Corrija eventuais desajustes. Se gastou demais num item corte outro gasto para compensar. Mantenha seu orçamento equilibrado.

 

7)    Estabeleça metas de aumentos de receitas. Trace uma trajetória profissional e invista em você para alcançar suas metas. Cursos, viagens, aparência, relacionamentos, tudo conta. Mas devem estar subordinados ao orçamento.

 

8)    Se tiver que se endividar, que seja de forma planejada e por motivo justo. Investimentos de longo prazo como aquisição de moradia ou uma despesa inesperada sobre a qual não tenha controle.

 

9)    Pesquise fontes de financiamentos. Família, amigos, ou instituições financeiras. O preço do dinheiro também varia muito. Não aceite propostas caras. Cuidado com o que os bancos chamam de reciprocidade. Para liberar um empréstimo oferecem seguros, títulos de capitalização e outros produtos e serviços que acabam encarecendo o empréstimo.

 

10)  Se ficar inadimplente. Não se desespere! Procure se afastar dos problemas a uma distância suficiente para pôr em ordem as ideias e voltar à racionalidade. Procure orientação de pessoas esclarecidas ou que tenham bom senso. Cuidado com profissionais que vendem soluções fáceis. Pode agravar seus problemas. Se precisar, faça um plano factível de parcelamento e proponha ao credor. Não se comprometa com soluções que não cabem dentro de suas possibilidades.

 

Desequilíbrio orçamentário pode levar pessoas, empresas e Estados a situações calamitosas. Vale lembrar que um bom planejamento é peça fundamental. Mas é a energia para trabalhar e a criatividade para buscar novas fontes de renda que estão na base da criação da riqueza. Trate bem o dinheiro. É muito difícil ganhar e muito fácil perder! Seja senhor das suas vontades.

São Paulo / SP
Especialização: CEAG - Curso de Especialização para Graduados (FGV / EAESP)
Graduado e pós-graduado em Administração de Empresas pela Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas - EAESP/FGV Ex-professor do SENAC e da UNICID nas áreas de Administração e Contabilidade.
Oferece aulas online (sala profes)
Oferece aulas presenciais
R$ 80 / aula
Conversar Whatsapp do professor Nildvan C. Whatsapp do professor Nildvan C. WhatsApp
Cadastre-se ou faça o login para comentar nessa publicação.

Listas de exercícios, Documentos, Revisões de textos, Trabalhos?

Se seu problema for dificuldade em uma lista de exercícios, revisão de teses e dissertações, correção de textos ou outros trabalhos, peça uma ajuda pelo Tarefas Profes.

Enviar Tarefa

Confira artigos similares

Confira mais artigos sobre educação

Ver todos os artigos

Encontre um professor particular

Busque, encontre e converse gratuitamente com professores particulares de todo o Brasil