A Intertextualidade na música de Raul Seixas

A Intertextualidade na música: ‘Eu nasci há dez mil anos atrás’ do compositor e cantor baiano Raul Seixas

Português Intertextualidade Texto Música Raul Seixas
A Intertextualidade na música de Raul Seixas
Hildacy M.
em 17 de Abril de 2020

Antes de refletirmos sobre a intertextualidade, faz-se necessário pensarmos um pouco sobre texto. Para essa reflexão podemos trazer dois grandes teóricos: Koch e Travaglia. Ambos afirmam que o texto deve ser entendido como uma unidade linguística concreta. Sendo assim, deve ser tomada pelos usuários da língua, em uma situação de interação comunicativa, como uma unidade de sentido e como preenchendo uma função comunicativa reconhecível.

A intertextualidade também é um dos temas a que se tem dedicado a Linguística Textual. Por essa razão, há diversos estudos e pesquisas voltados ao tratamento do assunto. Portanto, a intertextualidade ocorre quando em um texto está inserido outro texto (intertexto) anteriormente produzido. A intertextualidade pode se constituir explícita ou implicitamente. Ela também acontece com outros gêneros, como música, pintura, filme, novela, entre outros.

 Fiorin afirma que a intertextualidade é uma referência ou uma incorporação de um elemento  discursivo a outro, podendo reconhecê-lo quando o autor constrói a sua obra com   referencias e textos, imagens ou a sons de outras obras e autores e até por si mesmo,  como uma forma de reverencia, de complemento e de elaboração do nexo e sentido deste complemento texto/imagem (BARROS, FIORIN, 1999).

  A intertextualidade entende-se a criação de um texto a partir de outro pré-existente. A intertextualidade pode apresentar funções diferenciadas, as quais dependem muito dos textos, contextos em que ela é inserida, ou seja, dependendo da construção textual. O termo intertextualidade, em si, transformou-se muitas vezes desde que foi criado pela pós-estruturalista Julia Kristeva 1966.Segundo ela todo texto é um mosaico de citações, de outros dizeres que o antecederam e lhe deram origens.

            A música

De acordo com Claudio Henriques 2007, a música é a arte de combinar os sons de maneira lógica e coerente, nela existe um contexto sonoro rico em significados. A linguagem musical transcende as palavras, sendo originada a partir da combinação de sons e pausas ao longo de uma linha do tempo. Desse modo, música não é só letra, mas são artifícios associados à música, que procuram tornar óbvio o significado dela. A Wikipédia em consonância com esse conceito, também afirma: A música (do grego μουσική τέχνη - musiké téchne, a arte das musas) é uma forma de arte que se constitui na combinação de vários  sons e ritmos, seguindo uma pré-organização ao longo do tempo.

            O músico Raul Seixas

 Analisamos a obra musical de Raul Santos Seixas, esse que foi um cantor e compositor brasileiro, considerado o pai do Rock e conhecido como “Maluco Beleza”. Sua obra musical é composta de 21 discos lançados em seus 26 anos de carreira e seu estilo musical é tradicionalmente conhecido como Rock e Baião.

Repletas de metáforas e com assuntos complexos ainda que abordados propositalmente de forma simples algumas músicas de Raul, sobretudo as que foram compostas em sua fase mais mística, possuem diversas interpretações que muitas vezes chegam a conclusões contaditórias.

O músico gerava muitas polêmica. Iludem-se aqueles que pensam compreender definitivamente uma das obras daquele que já dizia ter passado por todas as religiões, filosofias, políticas e lutas. Que aos onze anos já desconfiava da verdade absoluta.

 Partindo desse pressuposto, analisaremos as intertextualidades presentes na letra da música: Eu nasci há dez anos atrás.

  Eu nasci há 10 mil anos atrás

Eu vi Cristo ser crucificado

O amor nascer e ser assassinado

Eu vi as bruxas pegando fogo

Prá pagarem seus pecados

Cristo ser crucificado: está presente na bíblia em I Coríntios 2:2 que diz: “Porque nada me propus saber entre vós, senão a Jesus Cristo, e este crucificado”.

Bruxas pegando fogo: se refere às mulheres de antigamente que ao cometerem algum tipo de pecado, eram tidas como bruxas e assim eram lançadas na fogueira para queimarem os seus pecados.

Eu vi Moisés cruzar o Mar Vermelho

Vi Maomé cair na terra de joelhos

Eu vi Pedro negar Cristo

Por três vezes diante do espelho

Moisés cruzar o Mar Vermelho: é encontrado na bíblia em Êxodo Êxodo 14:15-16 que diz: “Então disse o Senhor a Moisés: Por que clamas a mim? Dize aos filhos de Israel que marchem. E tu, levanta a tua vara, e estende a tua mão sobre o mar, e fende-o, para que os filhos de Israel passem pelo meio do mar em seco”.

Maomé: é o profeta e a figura mais importante do islamismo, e foi um líder religioso e político árabe.

Pedro negar Cristo: é encontrada na bíblia em Lucas 22:34 que diz: “Mais Jesus disse: “Pedro, eu vou dizer uma coisa a você. Entrego agora e amanhã de manhã antes de o galo cantar, você me negará três vezes afirmando que não me conhece”.

Eu vi as velas se acenderem para o Papa

Vi Babilônia ser riscada no mapa

Vi Conde Drácula sugando sangue novo

E se escondendo atrás da capa

 Babilônia ser riscada no mapa: A Babilônia era comandada pelo Rei Nabucodonosor e durou até cair nas mãos dos medos-persas no ano 539.

Drácula: A música faz o uso da ficção, Drácula é um romance de 1897 tendo como protagonista o vampiro Conde Drácula. Sem dúvida trata-se do mais famoso conto de vampiros da literatura.

Eu vi a arca de Noé cruzar os mares

Vi Salomão cantar seus salmos pelos ares

Eu vi Zumbi fugir

Com os negros prá floresta

Pro Quilombo dos Palmares

 A arca de Noé cruzar os mares: está presente na bíblia em Gênesis Gênesis 7:6 que diz: “E era Noé da idade de seiscentos anos, quando o dilúvio das águas veio sobre a terra”.

Salomão cantar seus salmos pelos ares: está presente na bíblia nos salmos 72, porém ele não canta para os ares, ele canta para Deus.

Zumbi: faz referência ao zumbi dos palmares que foi o último dos líderes do Quilombo dos Palmares, o maior dos quilombos do período colonial. O Quilombo dos Palmares era uma comunidade formada por escravos negros que haviam escapado das fazendas, prisões e senzalas brasileiras.

Eu vi o sangue que corria da montanha

Quando Hitler chamou toda Alemanha

Vi o soldado que sonhava com a amada

Numa cama de Campanha

 

Eu li os símbolos sagrados de umbanda

Eu fui criança prá poder dançar ciranda

Quando todos praguejavam contra o frio

Eu fiz a cama na varanda

O sangue que corria da montanha quando Hitler chamou toda Alemanha: Adolf Hitler foi um militar e político Nazista. Em agosto de 1914 a Alemanha entrou na Primeira Guerra Mundial, ele considerava os judeus como um povo sujo e impuro. Mesmo sabendo que naquela época os judeus representavam menos de um por cento do total da população alemã, mandou exterminá-los.

Os símbolos sagrados de umbanda: Umbanda é uma religião brasileira formada através de elementos de outras religiões como o catolicismo ou espiritismo juntando ainda elementos da cultura africana e indígena.

Eu fui testemunha do amor de Rapunzel

Eu vi a estrela de Davi brilhar no céu

E pra aquele que provar que eu tô mentindo

Eu tiro o meu chapéu  

Rapunzel: é uma obra fictícia, Rapunzel é uma princesa de um conto de fadas Alemão.

Estrela de Davi: está presente na bíblia em Apocalipse 22:16 que diz: “Eu, Jesus, enviei o meu anjo, para vos testificar estas coisas nas igrejas. Eu sou a raiz e a geração de Davi, a resplandecente estrela da manhã”.

 Considerações Finais

 O objeto de estudo deste artigo, a intertextualidade, serviu para ilustrar a importância do conhecimento de mundo e como esse fator interfere no nível de compreensão do texto. Pois, embora o leitor não identifique o intertexto, vai entendê-lo. Mas ao relacionar um texto com outro, compreenderá o texto lido e por consequência será capaz de refletir sobre os recursos adotados pelo autor.

Fiorin ainda afirma:

O termo intertextualidade fica reservado apenas para os casos em que a relação discursiva é materializada em textos. Isso significa que a intertextualidade pressupõe sempre uma interdiscursividade, mas o contrário não é verdadeiro (FIORIN, 2003, p. 181).

As obras de Raul Seixas eram caracterizadas pela utilização de intertextualidade. Assim, ele transformava textos complexos de filosofia e metafísica, em uma linguagem popular acessível.

Referências

AURÉLIO. Veja-se FERREIRA, Aurélio Buarque de Holanda. Dicionário Aurélio eletrônico – Século XXI.

KOCH, Ingedore Grunfeld Villaça; TRAVAGLIA, Luis Carlos. Texto e coerência. 8.ed. São Paulo: Cortez, 2002.

KOCH, Ingedore V. O texto e a construção dos sentidos. São Paulo: Contexto, 2007.

FIORIN, J. L. Polifonia Textual e Discursiva. In: BARROS, D. L. P. de; FIORIN, J. L. (Orgs.). Dialogismo, Polifonia, Intertextualidade: Em torno de Bakhtin. 2ª ed. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2003.

 PLATÃO & FIORIN. Para entender o texto: leitura e redação. 3.ed. São Paulo: Ática, 1996.

http://www.significados.com.br/texto/ <Acessado em 04 de agosto de 2014>

http://www.infoescola.com/portugues/intertextualidade-parafrase-e-parodia/ <Acessado em 20 de agosto de 2014>

http://www.significados.com.br/musica/ <Acessado em 11 de setembro 2014>

http://www.alemdaimaginacao.com/Obituario%20da%20Fama/Raul%20Seixas/raul_seixas.html <Acessado 22 de setembro de 2014>

http://www.dicionarioinformal.com.br/m%C3%BAsica/ <Acessado em 09 de outubro de 2014>

http://raulsseixas.wordpress.com/biografia-raul-seixas/ <Acessado em 13 de outubro de 2014>

http://whiplash.net/materias/biografias/150862-raulseixas.html Acessado em 13 de outubro de 2014>

https://pt.wikipedia.org/wiki/M%C3%BAsica/ Acessado às 8:50 de 17 de abril de 2020.

Jaguaquara / BA
Especialização: Letras (UESB - UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA)
Acompanhamento Pedagógico em Português Português para Adultos Português no 2º Ano Português no Ensino Fundamental Melhorar a Gramática Português - Aulas Particulares Português - Profissional
Oi! Sou Hildacy Mota, professora de Língua Portuguesa e quero te ajudar no aprendizado da nossa língua materna e suas variantes.
Oferece aulas online (sala profes)
R$ 45 / aula
Conversar Whatsapp do professor Hildacy M. Whatsapp do professor Hildacy M. Ver WhatsApp
1ª aula demonstrativa
Cadastre-se ou faça o login para comentar nessa publicação.

Listas de exercícios, Documentos, Revisões de textos, Trabalhos?

Se seu problema for dificuldade em uma lista de exercícios, revisão de teses e dissertações, correção de textos ou outros trabalhos, peça uma ajuda pelo Tarefas Profes.

Enviar Tarefa

Confira artigos similares

Confira mais artigos sobre educação

Ver todos os artigos

Encontre um professor particular

Busque, encontre e converse gratuitamente com professores particulares de todo o Brasil