Conhecendo Carolina Maria de Jesus.

Vamos falar desta mulher incrível que tanto me inspira?

Literatura Portuguesa Ensino Médio Escolas Literárias Literatura Brasileira
Conhecendo Carolina Maria de Jesus.
Nayara O.
em 16 de Setembro de 2020

Já parou para pensar porque alguns escritores estão sempre em destaque no mundo literário e outros não? Apesar de tão talentosos quanto. Vamos falar de Carolina Maria de Jesus (Sacramento, 14 de março de 1914 — São Paulo, 13 de fevereiro de 1977) e da sua importância para literatura brasileira. Pouca estudada e lida, Carolina foi uma das poucas autoras que escreveu com afinco uma literatura “verdade” .

Carolina mudou-se para São Paulo no ano de 1937, foi empregada doméstica e catadora de papel. Cursou somente a escola primária. Mãe solo de três filhos e moradora da primeira grande favela de São Paulo, a favela do Canindé, desocupada por volta de 1960 para construção da Marginal Tietê.

A maioria dos seus escritos eram feitos em cadernos encontrados no lixo e foram descobertos por Audálio Dantas. Repórter na época foi emcubido de escrever uma matéria sobre ao crescimento da favela no Canindé, onde encontrou Carolina e seus 20 cadernos-diários, todos guardados em seu barraco. Da reportagem, foram produzidos trechos do diário, publicados na Folha da Noite, em 1958, e logo depois foi lançado o livro “Quarto de despejo”, íntegra dos diários, em 1960.

De fato, Quarto de Despejo traduz uma realidade dura e amarga, ainda vivida em muitos lugares do Brasil, visto que Carolina descreve toda a sua luta contra a fome e para criar seus três filhos. Uma de suas frases mais conhecidas é “O Brasil precisa ser dirigido por uma pessoa que já passou fome. A fome também é professora.”

O lançamento de Quarto de despejo foi um sucesso, o livro de Carolina foi traduzido em mais de 13 idiomas e o número de exemplares vendidos no Brasil ultrapassou as magras edições de três mil, máximo vendido de um único livro na época, para 100 mil exemplares, segundo Dantas. A autora foi acusada inclusive de golpe publicitário, causando desconfiança no cenário literário da época.

No mesmo ano, menos de um mês do lançamento de Carolina, Clarice Lispector lançava Laços de Família, ambas as obras foram publicadas pela Livraria Francisco Alves Editora. Mas por que as duas escritoras não tem o mesmo reconhecimento ? Por que passamos anos na escola e apenas estudamos e conhecemos Clarice?

Acredito que seja hora de mudarmos esse cenário, é óbvio que Carolina teve uma caminhada diferente de Clarice. É claro que uma teve mais acesso aos estudos que outra, porém, ambas falam sobre a aspereza da vida. Sobre perspectivas diferentes elas demonstram como podemos ressignificar nossa visão de mundo através da literatura.

Carolina Maria de Jesus foi tema do meu trabalho de conclusão de curso (TCC) junto a minha amada amiga Thais Kowalski. Enfrentamos duras críticas de nossa banca avaliadora, porque Quarto de Despejo foi desconsiderado como Literatura por nossos avaliadores. Anos mais tarde, percebo a importância de falar de uma mulher preta e escritora, e como o racismo estrutural nos impede de conhecer sua genialidade. Carolina me fez uma pessoa melhor, que valoriza cada pedaço de vida.

5,0 (1)
17 horas ministradas
São Paulo / SP
Graduação: Licenciatura Plena em Letras - Habilitação em Portugês (Universidade Nove de Julho UNINOVE)
Professora de Língua Portuguesa para alunos do ensino Fundamental II e Ensino Médio, ministrando aulas de apoio escolar.
Oferece aulas online (sala profes)
Oferece aulas presenciais
R$ 45 / aula
Conversar Whatsapp do professor Nayara O. Whatsapp do professor Nayara O. Ver WhatsApp
1ª aula demonstrativa
Responde em 6 h e 14 min
Cadastre-se ou faça o login para comentar nessa publicação.

Listas de exercícios, Documentos, Revisões de textos, Trabalhos?

Se seu problema for dificuldade em uma lista de exercícios, revisão de teses e dissertações, correção de textos ou outros trabalhos, peça uma ajuda pelo Tarefas Profes.

Enviar Tarefa

Confira artigos similares

Confira mais artigos sobre educação

Ver todos os artigos

Encontre um professor particular

Busque, encontre e converse gratuitamente com professores particulares de todo o Brasil