Quer ficar fluente em inglês logo?
Roseli V.
em 13 de Março de 2020

Você quer algumas dicas de como ficar fluente, rápido?

 Então aqui vão as minhas dicas

A primeira coisa que você deve entender, é que antes de pensar em ser fluente, você precisa ter uma base do idioma. Precisa saber algumas estruturas e vocabulário, bem como ouvir e falar o inglês básico. Se você já tem o nível básico, só seguir as regras abaixo. Mas se você ainda não tem nenhuma base, sugiro que você baixe aplicativos para começar a aprender o idioma. É bom também saber que não tem como ser fluente, se você é do tipo que não quer repetir as falas dos recursos disponíveis para essa finalidade.

Para quem já tem o inglês básico, é só seguir as minhas dicas:

- Assiste a alguns vídeos dos temas gramaticais. Escolha os que são ensinados em inglês, para já ir praticando a pronúncia, o listening e até mesmo o speaking, no caso de pedirem para você repetir  as frases ensinadas.  Comece pelas regras mais simples, do nível elementary.

- Pratique o seu inglês ouvindo música. Se você gosta de ouvir músicas internacionais, vai desenvolver muito o seu nível de inglês. Mas se você ainda não aprendeu a gostar, então chega de perder tempo! Existe um ótimo aplicativo para praticar as músicas, o Lyricstraining. Com ele você vai poder completar a letra da música, enquanto ouve. É bem divertido. Escolha a sua música favorita e divirta-se. Mas não se esqueça de selecionar o nível starter até conseguir ouvir os níveis mais avançados. Sempre comece pelo nível mais baixo, e escolha também a opção de escolher as palavras a serem completadas.

 - Ouça materiais com áudios feitos por nativos. Isso não quer dizer que você não possa contratar um professor brasileiro. Mas significa que você vai precisar ouvir muitos nativos, eis aí o porquê da indicação de um aplicativos com música.

- Contrate um professor particular. Calma! Você já deve estar pensando na grana, não é?  Mas deixa eu te contar uma novidade aqui. Há alguns professores particulares que oferecem aulas particulares, deixando o aluno estudar em dupla, para dividirem o preço das aulas. Isso é muito compensador para o aluno. Imagine se você tiver que pagar 80,00 por hora /aula,  vai pagar só a metade. A qualidade das aulas ficam bem melhores, pois serão apenas dois alunos na aula. Isso é diferente dos outros cursos conhecidos, que oferecem aulas em grupos maiores. Imagina o quanto você poderá se desenvolver fazendo isso. Mas há também, alguns alunos que são autodidatas, e que podem aprender sozinhos. Se esse não for o seu caso, trate de chamar um amigo seu interessado em aprender inglês e já contratar um professor. Para quem mora na região de Belo Horizonte,  a  Flex English,  que  utiliza materiais importados. São oferecidos cursos flexíveis, online, nas empresas, nas casas, ou na própria escola, em Contagem. Mas só atendem com horários agendados, por ser voltada para alunos particulares.

- Utilize materiais importados. Lamento informar, mas os brasileiros não são os melhores para fazer materiais didáticos. Eu me refiro ao material didático, utilizado em alguns cursos de inglês. Dê preferências aos cursos que oferecem materiais importados. Dessa forma você irá incluir os sotaques dos nativos, as culturas estrangeiras, a pronúncia perfeita. Há matérias didáticos completos com áudios, vídeos, cards, games, músicas etc. E ainda alguns que você poderá fazer o download dos vídeos gratuíto.

- Siga sempre o seu nível de inglês. Se você estiver no nível beginner, então escolha algo do tipo starter, e assim por diante. Isso é quando se referir à leitura de textos, gramática e o speaking. Mas quando se tratar de ouvir música, não tem limite, pois poderá acessar a tradução e os áudios facilmente.

- Assista a filmes/séries com frequência. Se você já estiver acima do nível intermediário, poderá tentar sem a legenda, mas com a fala em inglês original. Mas se ainda estiver começando o seu curso, prefira os vídeos do YouTube, como os que são feitos para crianças. Qual é o problema de se tornar uma criança para aprender? Não se esqueça de que começamos a falar a nossa língua quando éramos crianças, e que os professores usavam materiais infantis, certo? E se você ainda não aceitou essa ideia infantil, poderá optar por vídeos do nível Starter/Beginner. Fique à vontade para isso.

- Outra forma muito funcional para praticar o listening, é baixar um aplicativo de audiobooks. Eu conheço um chamado LibriVox, onde tem narrações com vozes muito dóceis, de fácil compreensão e lento. Com esse aplicativo você vai ficar top no listening. Pode acreditar!   Mas isso só se você já estiver acima do intermediário.

- Agora é a hora de falar do momento mais importante do idioma, o do referido ao tema do speaking, que é o da fala. Para isso eu tenho algumas sugestões que funcionam muito bem.

A) Se você gosta de músicas internacionais, além de ouvir, comece a cantar também. Há um aplicativo chamado Smule, onde você paga menos de 2,00 por mês, para ser membro vip. Lá você poderá cantar suas músicas favoritas.  É gravado no vídeo, você cantando. Você tem a opção de compartilhar, ou de deixar só para você, mas aposto que quando você conseguir cantar certinho vai querer ser o orgulho de muita gente querida, compartilhando esse sucesso seu, de cantar em inglês. Já pensou que legal seria isso? Tenho alguns alunos que cantam e compartilham comigo, eu simplesmente, amo isso. E dessa forma, tanto o aluno, quanto o professor, no caso, eu, pode avaliar a pronúncia.

B) Outra forma de você conseguir treinar a sua conversação é falando com nativos. Mas calma que não tem que viajar para outros países só pra isso. Há alguns aplicativos muito bons para praticar a fala. Com eles você poderá encontrar alguns amigos, com o perfil que te interessar, e até levar para o seu contato do WhatsApp, Skype, Face book, entre outros. Vou deixar aqui um chamado HelloTalk, onde você poderá ter suas postagens e ver as dos outros. No início é meio difícil fazer amizade lá. Mas conforme você vai postando coisas interessantes, você vai conseguindo alguns bons amigos. Então cuidado com as postagens, e boa sorte!

C) Uma forma mais tradicional de praticar a fala é gravando a sua voz para depois ouvi-la novamente. Mas isso seria interessante, se tivesse alguém para avaliar a sua fala. Você vai encontrar o gravador, no seu próprio celular.

Mas se você não ficou muito satisfeito com a dica do gravador isolado, segue aqui outra dica melhor. Estou apaixonada com um novo Aplicativo que uma aluna querida descobriu. O chamado Cake: conversação em Inglês. Esse é um recurso excelente para qualquer um que esteja com pressa para se tornar fluente. Nele você vai encontrar vários vídeos curtos, com várias expressões coloquiais, utilizadas pelos nativos. Após você repetir cada expressão, você poderá gravar a sua voz. Sua voz será analisada e pontuada, espero que chegue a nota dez. Mas o máximo é quando menciona que você está falando igualzinho a um nativo, você vai adorar saber disso, não é? Bom há ainda outros ótimos recursos, que não vai dar para ficar falando aqui, mas espero que você invista nesse recurso e descubra o quanto é bom.

 

Roseli das Neves S. Vasconcelos

Especialista em gramática e texto e Tradução.

Professora de inglês desde 2001.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Contagem / MG
Especialização: Tradução em Lingua Inglesa (Estácio de Sá)
Inglês Básico Essays Correção de textos em Inglês Inglês para o Instituto Rio Branco CAE (Certificate of Advanced English) English Reading Inglês VIP
Método dinâmico, com foco na conversação. Mais de 15 anos de experiência.
Oferece aulas online (sala profes)
Oferece aulas presenciais
R$ 60 / aula
Conversar Whatsapp do professor Roseli V. Whatsapp do professor Roseli V. Ver WhatsApp
1ª aula demonstrativa
Responde em 38 min
Cadastre-se ou faça o login para comentar nessa publicação.

Listas de exercícios, Documentos, Revisões de textos, Trabalhos?

Se seu problema for dificuldade em uma lista de exercícios, revisão de teses e dissertações, correção de textos ou outros trabalhos, peça uma ajuda pelo Tarefas Profes.

Enviar Tarefa

Confira artigos similares

Confira mais artigos sobre educação

Ver todos os artigos

Encontre um professor particular

Busque, encontre e converse gratuitamente com professores particulares de todo o Brasil