Português para estrangeiros: CONSEGUIR e PODER
Tatiana Mascarenhas
em 25 de Julho de 2014

Tenho percebido mais uma dificuldade entre os alunos: quando usar adequadamente os verbos PODER e CONSEGUIR. E é fácil entender o porquê da confusão, já que em muitas situações os dois verbos podem ser usados sem que o significado da mensagem seja alterado. Alguns exemplos:

Eu posso levar as crianças hoje.
Eu consigo levar as crianças hoje.

Eu posso entender o que você diz.
Eu consigo entender o que você diz.

No entanto, há frases em que é possível perceber uma sutil diferença entre o PODER e o CONSEGUIR. 

Anna não consegue dançar. (Anna não tem a habilidade para dançar)
Anna não pode dançar. (Anna está proibida/ impedida de dançar)

As crianças não conseguem subir as escadas sozinhas (as crianças não são capazes de subir as escadas sozinhas)
As crianças não podem subir as escadas sozinhas (as crianças não têm permissão para subir as escadas sozinhas)

Outros exemplos:

Eu consigo nadar, mas não posso por estar gripado.
(No caso, o sujeito tem a capacidade de nadar, no entanto, está impedido por uma circunstância: a gripe)

Eu consigo dirigir, mas não posso, já que ainda não tirei minha carteira de habilitação.
(O sujeito tem a capacidade/ habilidade de dirigir, mas não tem permissão para fazê-lo)

Pensando nisso, quando fazemos perguntas que envolvem a necessidade de permissão, sempre usamos o verbo PODER:

Eu posso usar o seu telefone?
Você poderia me trazer papel e caneta? 
Posso ler o que você escreveu?
Podemos entrar?

Da mesma forma, o PODER aparece em frases que envolvem proibição:

Você não pode fumar aqui.
Ele não pode entrar na sala de cirurgia agora.
Nós não podemos votar, porque ainda não completamos 16 anos.
Não pode mexer aqui, filho!

Por fim, o verbo CONSEGUIR também tem o sentido específico de “alcançar” um objetivo:

Carla conseguiu o emprego!
Eu consegui o papel principal na peça.
Nós conseguimos o dinheiro.

São Paulo / SP
Mestrado: Psicologia Social (USP - Universidade De São Paulo)
Fiz minha graduação e mestrado na USP, onde me aproximei dos estudos em Psicologia da Educação e Psicologia Social. Como sempre gostei de dar aulas, há dois anos resolvi incluir essa atividade em minha vida profissional. Tenho, desde então, oferecido acompanhamento escolar (tutoria), aulas particulares e aulas de português para estrangeiros.
Português para estrangeiros - Prática de conversação, Assessoria e acompanhamento de estudos
Oferece aulas online (sala profes)
R$ 70 / aula
Conversar
Cadastre-se ou faça o login para comentar nessa publicação.

Listas de exercícios, Documentos, Revisões de textos, Trabalhos?

Se seu problema for dificuldade em uma lista de exercícios, revisão de teses e dissertações, correção de textos ou outros trabalhos, peça uma ajuda pelo Tarefas Profes.

Enviar Tarefa

Confira artigos similares

Confira mais artigos sobre educação

Ver todos os artigos

Encontre um professor particular

Busque, encontre e converse gratuitamente com professores particulares de todo o Brasil