Transformação

O que acontece quando eu misturo sapão em pò com olho H2O e hidróxido de cálcio?

Julia Rissato
Julia
perguntou há 8 meses

Sabe a resposta?

Ganhe 10 pts por resposta de qualidade
1 resposta
Professor Marcos Fattibene
Respondeu há 8 meses
Olá Júlia.

Com Hidróxido de Cálcio e os ingredientes que mencionou (assim como como o Hidróxido de Sódio) é possível produzir o sabão. A produção tradicional de sabão, entretanto, ocorre com o Hidróxido de Sódio (mais conhecida como soda cáustica).

Para que você conheça melhor o processo, a reação de saponificação (ou hidrólise alcalina):

Éster + base forte ? sabão + glitcerol

Praticamente todos os ésteres são retirados de óleos e gorduras, daí o porquê das donas de casa usarem o óleo comestível para o feitio do sabão caseiro (ou antigamente, banha de porco).

Produção de sabão com soda cáustica:

Ingredientes (Reagentes):

1L de óleo usado;
400mL de água;
120g de hidróxido de sódio em escamas (pode ser líquida, mas não produz o mesmo efeito);
100mL de vinagre;
20mL de essência aromatizante (facultativo);
1/2 copo de sabão em pó.
Aparelhagem (laboratório):

Becheres de vidro de 2L e 1L de capacidade;
Provetas de 200 e 100 mL de capacidade;
Espátula, tela de amianto, vidro de relógio, bastão de vidro.
Procedimento:

Inicialmente, filtrar o óleo de cozinha a ser utilizado em um pano para retirar as partículas maiores;
Dissolver o sabão em pó em 250mL de água
Adicionar o hidróxido de sódio vagarosamente ao becher ontendo a água destilada. A operação de dissolução com o auxílio de um bastão de vidro deve ser gradativa, pois é muito exotérmica.
Aqueça o óleo até ficar morno;
Sob constante agitação, adicionar lentamente a solução de NaOH sobre o óleo;
Esta adição do NaOH deve ser dividida em meia hora reacional (tempo em que a mistura será mantida sob agitação). Obs.: Podem-se faze adições de 5 em 5 minutos.

Bons estudos !

Professores particulares de Alfabetização

+ Ver todos
Encontre e contrate um professor particular para te ajudar nos estudos.

Pergunte aos nossos professores