Tratamento de resíduos sólidos

Por que aterros de resíduos não são considerados um processo de tratamento de resíduos?

Franciele B.
Franciele
perguntou há 1 semana

Sabe a resposta?

Ganhe 10 pts por resposta de qualidade
Responder dúvida
5 respostas
0
votos
Nenhum usuário votou nessa resposta como útil.
Professor Maecelo P.
Respondeu há 1 semana

Política Nacional de Resíduos Sólidos é uma lei (Lei nº 12.305/10) que trata sobre o  gerenciamento de resíduo. A PNRS procura organizar a forma correta de tratamento do lixo, para isso exige dos setores públicos e privados transparência no gerenciamento de resíduos e principalmente o processo ideal de disposição dos resíduos sólidos.

É importante saber que o gerenciamento de resíduos faz parte das etapas de implantação da ISO 14001:2015.

A forma de disposição de resíduos mais comuns em todo planeta é o aterro sanitário. Para construir um aterro sanitário deve-se obedecer a específicos critérios técnicos para evitar problemas com poluição no solo, corpos hídricos e no ar.

Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) define aterro sanitário como uma técnica de disposição de resíduos sólidos no solo, sem causar danos ou riscos à saúde pública e à segurança, minimizando os impactos ambientais.

O aterro utiliza princípios de engenharia para confinar os resíduos sólidos à menor área possível e reduzi-los ao menor volume possível, cobrindo-os com uma camada de terra na conclusão da jornada de trabalho ou a intervalos menores, se necessário

Os aterros industriais destinam-se a armazenar os resíduos sólidos produzidos pelas indústrias dos mais variados segmentos.

Esses tipos de aterro precisam contar com impermeabilização das trincheiras, o tratamento de afluentes e dos gases liberados pelos materiais descartados, sistema de drenagem das águas pluviais e barracões especiais de reciclagem, armazenagem e manutenção.

Os aterros industriais são classificados nas classes I, II ou III, conforme a periculosidade dos resíduos a serem dispostos.

Esse tipo de aterro não pode ser instalado em áreas inundáveis, de recarga de aquíferos, em áreas de proteção de mananciais, mangues e habitat de espécies protegidas, ecossistemas de áreas frágeis ou em todas aquelas definidas como de preservação ambiental permanente, conforme legislação em vigor.

A estrutura dos aterros industriais é composta de um sistema de dupla impermeabilização.

A impermeabilização inferior é composta de manta sintética sobreposta a uma cama de argila. A manta sintética deve ter: resistência química aos resíduos a serem dispostos e as intempéries para suportar os ciclos de umedecimento; resistência à tração, flexibilidade e alongamento, suficiente para suportar os esforços de instalação e de operação; resistência à laceração, abrasão e punção de qualquer material pontiagudo ou cortante que possa estar presente nos resíduos. Precisa também de facilidade para execução de emendas e reparos em campo, em quaisquer circunstâncias.

A impermeabilização superior é composta de solo original para garantir o recobrimento com vegetação nativa, camada drenante, manta sintética com a mesma especificação utilizada no sistema de impermeabilização inferior e camada de argila.

Em 2008 o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), realizou uma Pesquisa Nacional de Saneamento Básico aonde foi demonstrado que somente 27.7% das cidades brasileiras possuíam aterros sanitários, 22.5% possuíam aterros controlados e 50,8% das cidades despejavam o lixo produzido em lixões.

Diante desse resultado, o PNRS impôs, dentre outras diretrizes, a gestão integrada e no gerenciamento dos resíduos sólidos e a erradicação dos lixões em todos os municípios do país até o ano de 2014 substituindo-os pela implantação de aterros sanitários.

No entanto, o Brasil hoje tem quase 3 mil lixões ou aterros irregulares que impactam a qualidade de vida de 77 milhões de brasileiros.

 

0
votos
Nenhum usuário votou nessa resposta como útil.
Professor Gabriel C.
Respondeu há 1 semana

poque não se tem uma tecnologia ainda desenvolvida para recuperar certos materiais por causa da quantidade incontavel de substancias juntadas, oque levaria a um gasto economicamente inviavel. A conclusão é que na época que estamos ainda não existe uma tecnologia para tal finalidade.

0
votos
Nenhum usuário votou nessa resposta como útil.
Professora Luciana B.
Respondeu há 1 semana

Aterros são locais de disposição final de resíduos sólidos (RS) para decomposição final não podendo ser reaproveitado, uma das etapas do gerenciamento. O tratamento de RS possibilitaria o retorno à cadeia produtiva, com ganhos ambientais e econômicos. Tipos: mecânico, bioquímico por indigestão, por compostacompostagem, térmico (secagem, incineração, gaseificação) por exemplo.

0
votos
Nenhum usuário votou nessa resposta como útil.
Professora Luciana B.
Respondeu há 1 semana

Aterros são locais de disposição final de resíduos sólidos (RS) para decomposição final não podendo ser reaproveitado, uma das etapas do gerenciamento. O tratamento de RS possibilitaria o retorno à cadeia produtiva, com ganhos ambientais e econômicos. Tipos: mecânico, bioquímico por indigestão, por compostacompostagem, térmico (secagem, incineração, gaseificação) por exemplo.

0
votos
Nenhum usuário votou nessa resposta como útil.
Professora Ligia F.
Respondeu há 1 semana

A reciclagem é um exemplo de tratamento de resíduos, onde você leva o material e por processos industriais ele se transforma em outro novo. No aterro, os resíduos sólidos, vulgo lixo, apenas são depositadosnem valas para se decompor. Existem alguns materiais, como os orgânicos, que demoram alguns meses para se decompor. Já outros, como vidros, é estimado mil anos para sua decomposição. Desta forma, não é tratado, apenas depositado em um local para não ficar à céu aberto. 

Professores particulares de Biologia

+ Ver todos
Encontre e contrate um professor particular para te ajudar nos estudos.
Recife / PE
Biologia para Concurso Biologia Geral Ecologia Biologia para Ensino Médio Biologia para Ensino Fundamental Botânica Bioquímica
Por dentro da bioquímica vegetal, Professor com mais de 15 anos de experiência o ensino superior
Oferece aulas online (sala profes)
Oferece aulas presenciais
R$ 50 / aula
Conversar Whatsapp do professor Maecelo P. Whatsapp do professor Maecelo P. Ver WhatsApp
1ª aula demonstrativa
Responde em 16 min
1 avaliação
Contagem / MG
Doutorado: cursando Ciências Farmacêuticas (UFMG)
Microbiologia Ecologia Genética Básica Histologia Biologia - Fisiologia (Endócrino) Embriologia Fisiologia (Ensino Fundamental)
Leciono Ciências e Biologia para os ensinos Fundamental e Médio. Também tenho experiência com as disciplinas introdutórias da Graduação
Oferece aulas online (sala profes)
Oferece aulas presenciais
R$ 70 / aula
Conversar Whatsapp do professor Maria F. Whatsapp do professor Maria F. Ver WhatsApp
1ª aula demonstrativa
Responde em 3 h e 57 min
14 avaliações
Votuporanga / SP
Doutorado: Química (USP (Universidade de São Paulo))
Bioquímica Biologia celular
Um químico que também leciona em biologia, bioquímica e inglês! Já ajudei mais de 100 alunos particulares e você pode ser o próximo!
Oferece aulas online (sala profes)
Oferece aulas presenciais
R$ 45 / aula
Conversar Whatsapp do professor José C. Whatsapp do professor José C. Ver WhatsApp
1ª aula demonstrativa
Responde em 2 h e 2 min

Pergunte aos nossos professores

Você possui uma lista de exercícios ou Trabalho?

Se seu problema for dificuldade em uma lista de exercícios, revisão de teses e dissertações, correção de textos ou outros trabalhos, peça uma ajuda pelo Tarefas Profes.

Enviar Tarefa