Mal e mau

Por que existe "mal" e "mau"? Já é sabido que a primeira é o contrário de bem e a segunda é o contrário de bom. Mas não está clara essa passagem do latim para o português. Será que a primeira era male em latim? E a segunda era malu em latim? Nesse caso, não fica claro por que em uma desapareceu a vogal final (E) e em outra desapareceu a consoante intermediária (L).

Anderson D.
Anderson
perguntou há 2 semanas

Sabe a resposta?

Ganhe 10 pts por resposta de qualidade
Responder dúvida
3 respostas
1
votos
1 usuário votou nessa resposta como útil.
Professor Miguel A.
Respondeu há 2 semanas

Anderson, ótima pergunta. Um dos fenômenos fonológicos observados nas mudanças regulares do latim para o português é o dos contextos intervocálicos: "Aqui já se observa a assimilação dupla. Por assimilição dupla entende-se aquele tipo de influência simultânea que as vogais exercem sobre uma consoante que ocorra entre elas na cadeia sintagmática. Este contexto, chamado intervocálico e simbolizado VCV (vogal+consoante+vogal), é extremamente debilitante para a consoante, a qual ora é fricatizada, se for uma consoante oclusiva (segundo uma terminologia mais moderna, passa de não contínua a contínua), ora é sonorizada se for surda (passa de não vozeada a vozeada), ora, se for já de si mais instável (uma contínua, uma líquida ou uma nasal), pode deixar totalmente de ser articulada (fenómeno que tem o nome de assimilação total). Esta é a tendência universal da mudança e, em galego-português, pelo século VII, ocorreu uma assimilação dupla que muito caracteriza esta língua medieval de origem latina (este romance). Com efeito, só em galego-português é que o [l] simples intervocálico latino deixou de ser articulado e só em galego-português (e gascão) é que o [n] simples, no mesmo contexto, deixou também de ser articulado:
PALA->paa>pá, DOLO:RE->door>dor, BONU->bõo>bom, ANELLU->ãelo>elo." Leia mais em: http://cvc.instituto-camoes.pt/hlp/gramhist/fonetica.html.

Espero ter ajudado. At.te, prof. Miguel Augusto Ribeiro. 

-1
votos
-1 usuários votaram nessa resposta como não útil.
Professor João P.
Respondeu há 2 semanas

Estas palavras tem significado diferente e, frequentemente, são utilizadas incorretamente, muitas vezes inclusive como se fossem sinônimos.

O fato é que se quero dizer que sou uma pessoa de caráter ruim direi que sou Mau caráter, ou, em outras palavras, que sou uma pessoa má. Ou, simplesmente, sou Mau. Para expressar a ideia contrária diria que sou uma pessoa de caráter bom, isto é, sou uma pessoa boa, de bom caráter. 

Em uma outra situação, posso me referir ao meu estado de saúde em um determinado momento. Neste contexto, poderia por exemplo dizer que estou me sentindo Mal, ou seja, que não estou me sentindo Bem. Outro exemplo: aquela é uma pessoa que faz o Bem para os outros.

Portanto, quando estiver em dúvida, pense qual seria a ideia contrária: Mau é contrário de Bom enquanto que Mal é o contrário de Bem. Com este pequeno lembrete em mente, utilizará essas duas palavras em seus sentidos corretos

-1
votos
-1 usuários votaram nessa resposta como não útil.
Professora Léa B.
Respondeu há 2 semanas

Olá Anderson! Exatamente.
Mal é o contrário de bem. A palavra mal é um advérbio. Um exemplo de uso: Estou me sentindo mal hoje, estou com dor de cabeça.

Mau é o contrário de bom. A palavra mau é um adjetivo. Um exemplo de uso: Roberto é bom, é uma boa pessoa. Já Júlio é mau.

Sobre a segunda pergunta, MAL era MALE em latim. MAU era MALU em latim. A evolução dos idiomas é assim mesmo. As palavras existem de certa maneira porque alguém estipulou que fosse desta maneira. Se você está aprendendo português, tente focar no uso das palavras, e não de onde elas vieram e porque vieram. Afinal, ninguém mais utiliza o latim na linguagem coloquial hoje em dia. E nenhum Brasileiro, por exemplo, enquanto está falando, pensa o porquê daquela palavra ser de certa maneira.

Espero ter ajudado!

Qualquer dúvida, estou à disposição.

Atenciosamente, Léa.

Professores particulares de Português para estrangeiros

+ Ver todos
Encontre e contrate um professor particular para te ajudar nos estudos.
Florianópolis / SC
Graduação: Licenciatura em Letras - Português/Francês (UFSC)
Leitura de Português para Estrangeiros Português para Estrangeiros Profissional Ensino da Língua Portuguesa para Estrangeiros Aprenda a falar e se comunicar em Português para Estrangeiros Portuguese as a Second Language Cultura Brasileira para Estrangeiros Aula de português para estrangeiros de Língua Inglesa
Professor de redação, português, inglês, francês e PLE com mais de 20 anos de experiência. Abordagem comunicativa. Aulas personalizadas. "Educare".
Oferece aulas online (sala profes)
Oferece aulas presenciais
R$ 100 / aula
Conversar Whatsapp do professor Miguel A. Whatsapp do professor Miguel A. Ver WhatsApp
1ª aula demonstrativa
Responde em 23 min
7 avaliações
São Paulo / SP
Especialização: CELTA(Cambridge Certificate in Teaching English) (Cambridge University)
Portuguese For Foreigners Aprender Português para Estrangeiros
Número 1 no ranking Profes. Mais de 500 aulas realizadas. Leia o perfil. Escolha professores com formação e experiência na área.
Oferece aulas online (sala profes)
Oferece aulas presenciais
R$ 80 / aula
Conversar Whatsapp do professor Gabriel O. Whatsapp do professor Gabriel O. Ver WhatsApp
1ª aula demonstrativa
Responde em 18 min
12 avaliações
Rio Grande / RS
Mestrado: Letras (Universidade Federal do Paraná)
Português para Estrangeiros para Alunos de Língua Francesa Leitura de Português para Estrangeiros Português para estrangeiros - Cultura Brasileira Para Estrangeiros Português para estrangeiros - Conversação Com Professor Nativo Português para Estrangeiros Profissional Learn How to Speak Portuguese Ambientação Cultural de Português para Estrangeiros
"Professor de francês e redação com mais de 18 anos de experiência. Metodologia particular com enfoque nas necessidades específicas de cada aluno."
Oferece aulas online (sala profes)
R$ 45 / aula
Conversar Whatsapp do professor Valdenir G. Whatsapp do professor Valdenir G. Ver WhatsApp
1ª aula demonstrativa
Responde em 4 h e 25 min

Pergunte aos nossos professores

Você possui uma lista de exercícios ou Trabalho?

Se seu problema for dificuldade em uma lista de exercícios, revisão de teses e dissertações, correção de textos ou outros trabalhos, peça uma ajuda pelo Tarefas Profes.

Enviar Tarefa