Posso tirar o rastilho?

Levei meu violão - um Tagima Dallas, aço - em 2 Luthiers pra desempenar o braço (as cordas estavam muito altas), porém ambos me disseram que não tem conserto pois o empeno se deve a um envergo na madeira da caixa, e não no braço. Chegando em casa decidi tirar o rastilho do cavalete pra baixar a altura das cordas o máximo possível, e pra minha surpresa o som melhorou 500%. Não trasteja, não desafina, o som sai limpo e as cordas ficaram em uma altura boa. A minha dúvida é: posso deixar o violão assim mesmo, sem rastilho? Obrigado!
Adelar S.
Adelar
perguntou há 2 anos

Sabe a resposta?

Ganhe 10 pts por resposta de qualidade
Responder dúvida
12 respostas
0
votos
Nenhum usuário votou nessa resposta como útil.
Professor Gabriel E.
Respondeu há 2 anos
Melhor resposta
Melhor resposta escolhida pelo autor da dúvida
Rapaz, isso funcionou mesmo?! Eu vou responder dando pitaco porque, apesar de já ter trabalhado com áudio profissional, não estou vendo (ouvindo) o seu violão e nem sou luthier. Mas acho que o maior perigo possível é o encordamento raspar ou cavar o seu cavalete, então seria legal tentar protege-lo de alguma forma. Que eu saiba rastilho funciona muito para estabilizar as cordas e permitir que o som saia mais limpo (se ele estiver cumprindo bem a função que deveria). Se você tirou ele e o som melhorou, provavelmente não estava cumprindo este papel e o cavalete está conseguindo fazer isso por conta. Eu diria que, provavelmente, isso está acontecendo porque, com as cordas mais baixas, você consegue fazer os acordes com menos força (por conta da altura) e isso também te dá maior precisão, fazendo o som sair mais bonito. Percebendo isso e pensando em evitar um estrago no violão, o ideal seria lixar bem o seu rastilho (este mesmo ou um novo de sua preferência) e deixa-lo mais baixo, ou então fazer alguma gambiarra boa que simule a peça, só para proteger o cavalete. Com isso, provavelmente você vai ganhar maior precisão nas notas e o som vai melhorar (como você notou quando tirou a peça), mas também vai acabar perdendo um pouco de médio grave (muitos entendem como grave) e de volume também (o que pode não ser problema, dependendo do timbre que você quer). Outra saída seria utilizar o mesmo cavalete com um encordamento de menor tensão. Por fim vou dar uma sugestão que talvez possa ser totalmente ignorada ou descartada e por favor, não me entenda mal. A última possibilidade seria um treino da musculatura da mão esquerda (se for destro), para fortalecer e ganhar maior precisão, o que supriria a necessidade de abaixar muito as cordas. Mas como não sei seu nível de treinos e de técnica, talvez essa dica não seja interessante. Mas caso ela lhe sirva, tome cuidado com estes exercícios. A ideia é sempre que sentir um pouco de dor ou ardência no ante-braço ou na mão, pare o treino para evitar lesões.
0
votos
Nenhum usuário votou nessa resposta como útil.
Professor Alexandre S.
Respondeu há 2 anos
você raspar ele pra deixar mais baixo, mas sem ele é estranho, acho que vai desgastar mais rápido as cordas, mas é só palpite, não sou especialista
0
votos
Nenhum usuário votou nessa resposta como útil.
Professor Eder S.
Respondeu há 2 anos


nesse caso recomendo você deixar o rastilho bem baixo .sem o rastilho realmente as cordas ficam vibrando fica a dica.

0
votos
Nenhum usuário votou nessa resposta como útil.
Professor Gustavo M.
Respondeu há 2 anos
Sou Luthier e posso afirmar que a melhor opção seria lixar a base do rastilho para que ele ficasse bem próximo da altura do cavalete, porem mantendo as cordas assentadas no osso e não na madeira, pois assim você manterá a proporção das oitavas. Quando se instala uma ponte (no seu caso o rastilho) medimos a medida do nut até a casa 12 e da 12 até onde deve ficar o rastilho. Quando você remove o rastilho, seu ponto de apoio passa a ser alguma outra região do cavalete, não dando precisão nas oitavas.
0
votos
Nenhum usuário votou nessa resposta como útil.
Professor Gustavo P.
Respondeu há 2 anos
Oi! Tudo bem Adelar? Infelizmente o rastilho é necessário para o bom desempenho do violão. Agora quanto à madeira existem modos de desempenar o braço, embora sejam um tanto caros. Mas tem solução sim
0
votos
Nenhum usuário votou nessa resposta como útil.
Professor Felipe S.
Respondeu há 2 anos
Amigo, eu acredito que se realmente não há a possibilidade de desempenar seja legal pensar em adquirir um novo instrumento, agora se isso não estiver viável no momento o legal mesmo seria lixar o rastilho até encontrar uma altura que fique possível de tocar, mas o ideal é adquirir um novo instrumento assim que possível para que você possa fazer seus estudos ou seu trabalho na musica com mais qualidade.
0
votos
Nenhum usuário votou nessa resposta como útil.
Professor Luiz J.
Respondeu há 1 ano


ola! tudo bem? certo, seu Violão melhorou a tensão das cordas sem o rastilho. Porém, a função do rastilho além de tensionar as cordas é ajustar a afinação, devido ao seu formato horizontal. Então, se não prejudicou a sonoridade e afinação, aconselho desgastar o rastilho até que fique rente ao cavalete, para não prejudicar a madeira. Espero ter ajudado.

0
votos
Nenhum usuário votou nessa resposta como útil.
Professor Altair S.
Respondeu há 1 ano
O importante é o som estar limpo. Se tem um problema no casco que atrapalha a qualidade do instrumento e ao tirar o rastilho melhorou, segue em paz.
0
votos
Nenhum usuário votou nessa resposta como útil.
Professor Marcio A.
Respondeu há 1 ano
Concordo com os demais colegas. Com certeza vai desgastar mais rápido o cavalete e o problema fica maior porque a troca de cavalete é mais complicado. Contudo, se os luthier já "condenaram" o instrumento é um recurso válido para utilizá-lo. Abraço
0
votos
Nenhum usuário votou nessa resposta como útil.
Professora Michele S.
Respondeu há 1 ano
Olá Adelar, se dois luthier te derão essa resposta eles sabem o que dizem.
0
votos
Nenhum usuário votou nessa resposta como útil.
Professor Ícaro M.
Respondeu há 1 ano
O rastilho é peça importante no violão para garantir a transferência da vibração das cordas para o corpo do violão e gerar o som. Não recomendo tirar. Leve a um luthier para raspar ou alterar o rastilho. Uma dica é sempre substituir o de plástico que vem em violões de fábrica por um rastilho e pestana de osso.
0
votos
Nenhum usuário votou nessa resposta como útil.
Professor Rafael R.
Respondeu há 9 meses
Lixar embaixo do rastilho pode não ficar da altura que desejas, mas o som e a durabilidade das cordas devem aumentar.

Professores particulares de Violão

+ Ver todos
Encontre e contrate um professor particular para te ajudar nos estudos.
1 avaliação
Goiânia / GO
Especialização: Violão Erudito (UFG (Universidade Federal de Goiás))
Teoria Musical com Violão Violão Nível Ensino Médio Violão para Principiante Violão para Leigos Violão Popular Violão Iniciante Violão Intermediário
Aprenda: Violão - Viola Caipira - Teoria musical. Aulas presenciais ou Online.
Oferece aulas online (sala profes)
Oferece aulas presenciais
R$ 40 / aula
Conversar Whatsapp do professor Fleury D. Whatsapp do professor Fleury D. Ver WhatsApp
1ª aula demonstrativa
Responde em 27 min
Uberlândia / MG
Graduação: Música - Violino (Universidade Federal de Uberlândia (UFU) )
Música - Violão e Guitarra Teoria Musical com Violão Violão para Leigos Violão para Principiante Violão Popular Violão Geral Violão e Guitarra
Professor de violino e violão com 10 anos de experiência. 1a aula gratuita.
Oferece aulas online (sala profes)
Oferece aulas presenciais
R$ 60 / aula
Conversar Whatsapp do professor Ludwig S. Whatsapp do professor Ludwig S. Ver WhatsApp
1ª aula demonstrativa
Responde em 5 min

Pergunte aos nossos professores

Você possui uma lista de exercícios ou Trabalho?

Se seu problema for dificuldade em uma lista de exercícios, revisão de teses e dissertações, correção de textos ou outros trabalhos, peça uma ajuda pelo Tarefas Profes.

Enviar Tarefa