"The Profes' Guide To The Galaxy" ou "Dicas para ser um (bom) professor particular"

História da Arte Profissional
"The Profes' Guide To The Galaxy" ou "Dicas para ser um (bom) professor particular"
Ana Luiza Basalo
em 18 de Fevereiro de 2014

Olá pessoal,

Como vocês estão?

Espero que não achem este post pretensioso, mas, como já tenho alguma experiência com ensino, resolvi publicar um texto com algumas dicas para aqueles que estão começando a trabalhar como professor particular. Quero voltar a esse post posteriormente e acrescentar mais itens. Aceito sugestões!

Bom, primeiramente, acho que o mais importante é: seja profissional. É até meio óbvio, mas isso é decisivo para tornar-se um bom professor particular. Você tem que encarar como se fosse um trabalho com "carteira assinada" e chefe cobrando, até mesmo porque é um trabalho. Existe um compromisso entre você e seus alunos. Depois dessa primeira observação, acho que tudo o mais é consequência. Vejam só:

Saber a matéria: Outro ponto óbvio, mas vamos um pouco além. Por exemplo: talvez você goste de Estatística e decida por dar aulas particulares dessa matéria. Mas será que você sabe mesmo Estatística? Não é porque você foi bem nas disciplinas da faculdade que você tem total domínio dos conteúdos. Talvez a ementa dos cursos que você fez não seja tão abrangente, deixando alguns conteúdos de fora. Ou talvez você não tenha dado atenção a determinados tópicos e não se sinta 100% à vontade para falar deles. É claro que ninguém sabe tudo, mas é importante ter o máximo de conhecimento possível sobre os principais assuntos da disciplina sobre a qual você pretende dar aulas. Depois é questão de se aprofundar mais e se atualizar.

Preparar as aulas: Particularmente, esse é um dos meus diferenciais. Muitos dos meus alunos elogiam minhas aulas e percebem o quanto me preparei para me apresentar a eles. Preparar o conteúdo e resolver os exercícios previamente não só te deixam mais confiante como também permitem que você já tenha de antemão várias maneiras para explicar determinado assunto. Além disso, você poderá trazer mais informações/conteúdos para complementar o que o aluno está vendo. Acreditem, faz diferença!

Roupa e aparência: Em qualquer área profissional, é importante vestir-se adequadamente à posição e atividade. Aqui cabe a cada professor definir seu estilo (mais formal ou mais despojado), mas sem perder uma imagem de credibilidade.

Pontualidade: Sempre sou pontual com meus alunos. É básico e cai na questão do profissionalismo mesmo. Muito feio deixar o aluno lá esperando, né? E vejam só que curioso: tive um aluno que quase sempre chegava atrasado. Eu, como de costume, chegava no horário combinado. Tentei até remarcar as aulas para um horário mais tarde, mas o aluno não queria e, quando chegava atrasado, pagava pelo tempo que eu havia esperado (ainda que eu insistisse para que ele não fizesse isso!).

Ser didático: Citando assim parece muito abstrato. Tentando ser um pouco mais prática, acho que trata-se de adequar suas aulas ao aluno e fazer uso de recursos variados e criativos para passar a informação e fazer com que o aluno entenda (e.g. usar "metáforas" e analogias, fazer diagramas, contar histórias, etc.).

Apoio fora das aulas: Se o seu aluno pede uma ajuda com algo simples e rápido via e-mail, acho que é bom responder assim que puder em vez de esperar a próxima aula. Não se trata de trabalhar de graça, mas de tornar a experiência do aluno tendo você como professor algo mais completo e agradável. É um investimento que não tem como retorno dinheiro imediato, mas seus alunos ficam mais felizes e procurarão você novamente.

Só para complementar, aqui no Profes existem algumas dicas para professores particulares, sobretudo guias para trazer mais visibilidade ao seu perfil, etc. É só acessar a opção "Como funciona", no rodapé da página.

Vou ampliar esse guia com outras dicas, mas, por enquanto, é isso. Espero que seja útil para vocês!

 

Até!

São Paulo / SP
Graduação: Ciência da Computação (Instituto de Matemática e Estatística da USP)
Formou-se com honra ao mérito em Ciência da Computação no IME-USP em 2011. Já atuou como administradora de redes e como analista de sistemas e programadora (sistemas Web e apps para Android). Também foi professora voluntária de Matemática (Ensino Básico) e monitora em algumas disciplinas de graduação em Computação na USP. Além disso, por hobby, atua como professora particular nas horas vagas. As aulas particulares são preparadas conforme a necessidade dos alunos: pode ser dada maior atençã ...
Computação - Autômatos, Computação - Programação, Computação e Informática a domicílio, Programação em Java, Programação em C
Oferece aulas presenciais
R$ 80 / aula
Conversar
1ª aula gratuita
Cadastre-se ou faça o login para comentar nessa publicação.

Listas de exercícios, Documentos, Revisões de textos, Trabalhos?

Se seu problema for dificuldade em uma lista de exercícios, revisão de teses e dissertações, correção de textos ou outros trabalhos, peça uma ajuda pelo Tarefas Profes.

Enviar Tarefa

Confira artigos similares

Confira mais artigos sobre educação

Ver todos os artigos

Encontre um professor particular

Busque, encontre e converse gratuitamente com professores particulares de todo o Brasil