Não erre mais

Vacine-se contra os erros corriqueiros

Português
Não erre mais
Maiquison S.
em 16 de Junho de 2019

Em reportagem publicada em 12 der setembro de 2007, a revista veja mostra como o bom uso da língua influi diretamente na carreira profissional. Portanto, profissionais que falam e escrevem certo, com lógica e clareza vocabular, têm mais chance de chegar ao topo do que profissionais tão qualificados como eles, mas, sem o mesmo domínio da palavra, afirma a revista.

Todos sabemos que precisamos evitar os erros de português. Falar é fácil. Mas e na prática? São muitas as armadilhas. E encarar uma gramática maçuda ou um livro didático complicado pode ser desanimador. Todavia, será que existe uma maneira prática de aprender a driblar esses erros?

A ideia do artigo em questão é agir como uma vacina. Veremos aqui alguns exemplos dos erros mais comuns em nossa língua extraídos da vida real. No entanto, com o auxílio das explicações lógicas e alguns pequenos exercícios você ficará vacinado contra os erros e estará mais apto para enfrentar uma prova, um concurso e a escrita de forma geral. Vamos aos exemplos.

Sociedade beneficiente

O português tem muitas armadilhas. Embora existam as palavras benefício, beneficiar, beneficiário e beneficiamento, não existe a palavra beneficiente. A forma correta é: sociedade beneficente.

Prazeiroso

Aquilo que dá prazer é prazeroso: ouvir música é prazeroso. Prazeiroso não existe. A forma correta é: prazeroso.

Frustado

Você se frustra com alguma coisa. Você sente frustração. Aquilo é frustrante, portanto, deixa você frustrado.

A forma correta é: frustrado.

Porisso

Se você consultar o Houaiss, verá que no século XV a palavra portanto era grafada separadamente: por tanto. Em algum momento da linha do tempo, as duas palavras se juntaram. O mesmo não aconteceu com por isso. As duas palavras continuaram separadas. Escrever porisso é tão errado quanto escrever poracaso ou porfavor. O correto é por isso (por esse motivo).

Célebro

Talvez porque exista a palavra célebre (famoso) algumas pessoas escrevem célebro em vez de cérebro. Existe até um blog na Internet chamado Celebro Eletronico (sic). Engraçado que cerebelo todo mundo acerta, ninguém escreve celebelo.

A forma correta é: cérebro humano.

Infelismente

Infelizmente, felizmente e felizardo derivam de feliz — escrevem-se com Z. Portanto, a forma correta é: infelizmente. Ex: Infelizmente não passei.

Carangueijo

Quando o mar briga com a praia, quem apanha é o caranguejo, diz um antigo ditado. Talvez, por analogia com queijo ou beijo, costuma-se escrever erradamente carangueijo em vez de caranguejo. Ademais, o caranguejo não é o único animal com terminação ejo. Existem também o badejo e o percevejo.

A forma correta é: caranguejo.

Asterístico

Asterisco (é assim que se escreve) vem do grego asterískos que significa “pequena estrela”, assim como chuvisco é uma pequena chuva e petisco é uma pequena iguaria. Não se diz chuvístico ou petístico, diz?

A forma correta é: asterisco.

Sombrancelha

Sobrancelha (é assim que se escreve!) deriva do latim supercilia, que significa “sobre os cílios”. Um sinônimo de sobrancelha é sobrecílio. A sobrancelha não tem nada a ver com sombra.

A forma correta é: sobrancelha.

Fulano, beltrano, ciclano

Ciclano é termo da química: “Hidrocarboneto saturado cíclico, como, p. ex., o cicloexano, o ciclopentano”, explica o Aurélio. A palavra certa para acompanhar fulano e beltrano é sicrano. Pode ver o no dicionário! “Fulano” vem do árabe fulán; “beltrano” vem do nome Beltrão; a origem de sicrano é controvertida — talvez a palavra fosse criada só para rimar com fulano e beltrano.

A forma correta é: fulano, beltrano e sicrano.

Ancioso

Você fica ansioso quando sente ânsia por alguma coisa. Se ninguém escreve ância, por que tantas pessoas escrevem ancioso? Um erro desses dá tanta ansiedade que é preciso tomar um ansiolítico!

A forma correta é: Estou ansioso.

Como já dissemos anteriormente são muitas as armadilhas da língua portuguesa. Porém, caso você faça exercícios mentais com os exemplos mostrados acima já é um bom começo para não errar mais e começar a escrever e falar de forma correta.

Manhumirim / MG
Mestrado: Mestrado em Letras - Estudos Literários (Universidade Presbiteriana Mackenzie)
Reforço Escolar em Português Exercícios de Português Português - Profissional Português para Adultos
Professor com livro publicado e especialista em redação e escrita criativa. Venham aprender de verdade e saiba como dominar a arte de escrever.
Oferece aulas online (sala profes)
R$ 70 / aula
Conversar Whatsapp do professor Maiquison S. Whatsapp do professor Maiquison S. WhatsApp
1ª aula demonstrativa
Responde em 1 min
Cadastre-se ou faça o login para comentar nessa publicação.

Listas de exercícios, Documentos, Revisões de textos, Trabalhos?

Se seu problema for dificuldade em uma lista de exercícios, revisão de teses e dissertações, correção de textos ou outros trabalhos, peça uma ajuda pelo Tarefas Profes.

Enviar Tarefa

Confira artigos similares

Confira mais artigos sobre educação

Ver todos os artigos

Encontre um professor particular

Busque, encontre e converse gratuitamente com professores particulares de todo o Brasil