Fluxo de Energia e Pirâmides Ecológicas
Por: Priscila N.
19 de Abril de 2022

Fluxo de Energia e Pirâmides Ecológicas

(e não estamos falando de nada místico)

Biologia Ensino Médio Ecologia

Olá! Quando falamos de relações alimentares existem dois conceitos importantes em biologia a serem aprofundados: o fluxo de energia e as pirâmides ecológicas.

Esses conceitos nos ajudam a entender como as cadeias e teias alimentares se estruturam na natureza e, consequentemente, quais seriam os impactos de um desequilíbrio em algum nível trófico.

 

Fluxo de energia

A energia luminosa captada pelos seres autotróficos é utilizada na produção de substâncias orgânicas e fica armazenada como energia potencial química. Ao se alimentar desses organismos, os consumidores primários aproveitam a energia contida nas moléculas dos organismos ingeridos (nutrientes), utilizando-a em processos vitais, inclusive na síntese de suas próprias moléculas orgânicas. Os consumidores secundários, por sua vez, ao comer consumidores primários, utilizam essas moléculas orgânicas como fontes de energia. Porém...

"A quantidade de energia presente em um nível trófico é sempre maior que a quantidade de energia transferida ao nível trófico seguinte."

Mas por que? 

Os produtores fixam a energia da radição solar através da fotossíntese. Mas quando um animal da teia alimentar come uma planta ou outro animal, parte das moléculas orgânicas contida no alimento se dissipa sob a forma de calor, uma energia que não é utilizável pelos seres vivos. Assim, o nível trófico com energia mais elevada nos ecossistemas terrestres, é constituído pelos produtores. Por conta disso, as cadeias alimentares estão geralmente limitadas a 4 ou 5 níveis tróficos, porque há perdas de energia muito significativas nas transferências entre os diferentes níveis. Consequentemente, a quantidade de energia que chega aos níveis mais elevados já não é suficiente para suportar ainda outro nível trófico.

 

Pirâmides ecológicas

  • Pirâmide de Energia:

Se organizarmos a energia contida em cada nível trófico de uma cadeia alimentar, começando de baixo para cima, teremos um gráfico em forma de pirâmide, o qual chamados de pirâmide de energia. Nessa representação temos a forma convencional de uma pirâmide, com a base mais larga, se estreitanto em direção ao topo, já que na base estariam os produtores com maior energia disponível e no topo o último consumidor da cadeia alimentar com a menor quantidade de energia disponível.

  • Pirâmide de Biomassa:

A massa total de matéria orgânica contida em um ser vivo é sua biomassa. A quantidade de biomassa é diretamente proporcional à quantidade de energia potencial química disponível nas moléculas orgânicas. Logo, da mesma forma que a quantidade de energia disponível em um nível trófico é menor que no nível trófico anterior, a biomassa de cada nível trófico também é menor que no nível trófico anterior.

Assim, a pirâmide de biomassa será semelhante a pirâmide de energia em ecossistemas terrestres, com a base mais larga que o topo.

Observação:   Em um ecossistema aquático, o fitoplâncton é o principal produtor, ele se reproduz rapidamente e possui ciclo de vida curto. Em alguns momentos, a biomassa do fitoplâncton pode ser menor do que a biomassa dos seres de outros níveis tróficos, como o zooplâncton e peixes. Essa situação, faz com que a pirâmide de biomassa seja invertida.

  • Pirâmide de Números:

A última pirâmide que temos é a de mais fácil compreensão, pois a pirâmide de números nada mais é do que a representação da quantidade de indivíduos das populações de cada nível trófico. Dessa forma, a pirâmide de número pode destoar do formato clássico de uma pirâmide, podendo ter a base mais estreita, por exemplo.

Exemplo: Uma comunidade onde o número de produtores é baixo. Nesse caso, uma única árvore de grande porte pode servir de alimento para um grande número de herbívoros. Assim, temos a pirâmide de número invertida.

 

Referências

AMABIS, Jose Mariano; Martho, Gilberto Rodrigues. Fundamentos da Biologia Moderna. Editora: Moderna, 4ª Edição.

 

Quer aprender mais sobre Ciências e Biologia?

Entre em contato, estou aqui para ajudar!

Priscila N.

Rio de Janeiro / RJ
Doutorado: Zoologia (Museu Nacional/ UFRJ)
Biologia para Ensino Fundamental Ecologia Biologia no Ensino Superior
“ser biólogo não é um trabalho, é um modo de vida.” — ernst mayr
R$ 50 / aula Conversar Ver WhatsApp
1ª aula demonstrativa
Cadastre-se ou faça o login para comentar nessa publicação.

Recursos Profes

O Profes é uma solução completa de aprendizagem, com diversos recursos para
você aprender do jeito mais eficiente e personalizado possível.

Encontre um professor e combine aulas particulares Presenciais ou Online
  • Pode deixar uma solicitação grátis (até 7 professores entram em contato)
  • Ou paga para ver o Whatsapp dos professores que você escolher
  • Ou compra aulas a um preço fixo garantido com um excelente professor
Buscar professor
Envie uma tarefa, lista de exercícios, atividade ou projeto
  • Você define o prazo e o valor
  • Profes encontra um professor para resolver e retornar no seu prazo e valor
  • Interação com o professor por chat
  • Se não gostar da resolução, reembolsamos
Enviar Tarefa
Tenha uma aula online agora mesmo com um professor disponível
  • Você paga por minuto
  • Minutos restantes podem ser reutilizados ou reembolsados
  • Um excelente professor entra na Sala de Chat Profes ao vivo
  • Se em 5 min você não gostar, devolvemos o seu dinheiro
Pedir Profes Já

Confira artigos similares

Confira mais artigos sobre educação

+ ver todos os artigos

Encontre um professor particular

Busque, encontre e converse gratuitamente com professores particulares de todo o Brasil