Semelhanças mesopotâmicas nas Américas

Artes Plásticas Técnico
Semelhanças mesopotâmicas nas Américas
André Onishi
em 01 de Março de 2015

A escrita surgida na Mesopotâmia por volta de 3200 a.C., é tida como o primeiro sistema de sinais uniformizados que permitiam reproduzir, materializar e fixar o pensamento. Nas ruínas da cidade de Uruk, atual Iraque, foram encontrados os escritos mais antigos conhecidos até hoje, em língua suméria. Estes pictogramas estão estreitamente relacionados à capacidade artística rupestre de pintar e gravar representações da natureza e também da cultura destas populações antigas. Este sistema de escrita ideográfica foi superado pelos fenícios com sua escrita fonética e seu alfabeto considerado o pai dos alfabetos modernos, embora este tenha sido baseado no alfabeto semita.

Curioso também são as semelhanças das culturas mesopotâmicas com as culturas mesoamericanas. Os indígenas mesoamericanos também "escreviam" por meio de imagens. Registravam praticamente tudo: suas festas e deuses, seus feitos memoráveis, suas prosperidades e pestilências, etc. Entretanto, muitos dos livros e documentos, inclusive datados por causa de seus avançados sistemas calendáricos, foram incendiados pelos colonizadores espanhóis de nossa era.

Seus calendários denotam implicitamente seus conhecimentos precisos do ano solar e dos ciclos de Vênus e das Pleiades. Muito dos documentos incinerados, por serem considerados obra do demônio, registravam simplesmente calendários agrícolas, dados das estações, luas e datas propícias para o cultivo alimentar. Esta subentendida observância de fenômenos astronômicos são expressadas também em suas arquiteturas, onde a construção dos edifícios são exatamente coordenadas com o fenômeno natural que queriam ressaltar, por exemplo as pirâmides do sol, da lua, etc.

Por falar nas pirâmides mesoamericanas, as quais podem se estender por mais de 60 metros de altura, estas muito se assemelham com as pirâmides mesopotâmicas, designadas como Zigurates. Ambas construções são uma forma de templo, contendo em sua estrutura a mesma técnica do adobe. O Frei Bernardino de Sahagún atribui a construção das pirâmides mesoamericanas aos gigantes, possivelmente os Nephilin bíblicos, filhos de Anakin, muitas vezes relacionados aos Anunnakis que são as divindades sumérias. Sendo assim, o politeísmo é o último aspecto semelhante que iremos ressaltar entre estas duas culturas extintas, atualmente estudadas apenas por meio de seus fragmentos, ruínas e vestígios arqueológicos.

 

 

Referências:

Francisca das Chagas Medeiros Vasconcelos. DESENVOLVIMENTO DA CONSCIÊNCIA FONOLÓGICA: CORRELAÇÕES COM A APRENDIZAGEM DA LEITURA E ESCRITA. Rio de Janeiro, 2006 (Dissertação de Mestrado).

Andréa Gonçalves Moreira Bernardes. URBANISMO MESOAMERICANO PRÉ-COLOMBIANO: TEOTIHUACÁN. Brasília, 2008 (Dissertação de Mestrado).

Itanhaém / SP
Especialização: Metodologia do Ensino de Artes (Unicesumar)
Ator, compositor, músico, artista visual, ilustrador e microempreendedor individual responsável pela Láudano Artes (laudano.art.br). Tenho experiência nas áreas de: arte-educação, artes visuais, audiovisual, música, teatro, redação, comunicação visual, mídias digitais e cultura em geral.
Artes Plásticas - Estudos Visuais, Artes Plásticas - História da arte, Artes Plásticas para Ensino Médio, Vestibular de Artes Plásticas, Artes Plásticas para Ensino Fundamental, Pintura, História da Arte
Oferece aulas online (sala profes)
Oferece aulas presenciais
R$ 40 / aula
Conversar
1ª aula gratuita
Cadastre-se ou faça o login para comentar nessa publicação.

Confira artigos similares

Confira mais artigos sobre educação

Ver todos os artigos

Encontre um professor particular

Busque, encontre e converse gratuitamente com professores particulares de todo o Brasil