Explosões de rádio rápidas e sua observação

Física Astronomia Astrofísica galáxias universo
Explosões de rádio rápidas e sua observação
Pedro Ferreira Barros
em 14 de Agosto de 2018

Desde que foram observadas pela primeira vez em 2007, os fenômenos conhecidos como rajadas de rádio rápidas(FRB's), intrigaram os astrônomos. Despejam uma grande quantidade de energia em um curto espaço de tempo e são advindo de lugares distantes da nossa galáxia. Conforme divulgado pelo Washington Post, " Ela é capaz de liberar mais energia em fração de milissegundos do que o sol ao longo de um dia inteiro".

AS FRB's não ocorrem com muita frequência, há evidências de apenas duas dúzias delas, e ninguém sabe ao certo o que as está causando. Ocorre que a Sociedade Astronômica Americana, divulgou um documento em sua reunião Anual de 2018 onde os pesquisadores revelaram que haviam rastreado o único repetidor conhecido, FRB 121102, para uma região de formação estelar em uma distante galáxia anã, onde os dados coletados sugeriam que possivelmente estava sendo emitido por uma estrela de neutrôns.

Conforme informações da NASA, a estrela de neutrôns está em colapso e enche sua massa em um espaço do tamanho de uma pequena cidade, onde ela é tão compacta que uma peça do tamanho de um torrão de açúcar pesaria tanto quanto o Monte Everest.

Exatamente como e a razão de uma estrela de neutrôns ter a capacidade de emitir FRB's ainda não está esclarecido, assim os cientistas também consideraram outras explicações, como supernovas e buracos negros supermassivos. Em 2017, o Harvard Smithsonian for Astrophysics revelou uma possibilidade bem mais alternativa- que os FRB's poderiam ser vazamentos de transmissores de rádio do tamanho de planetas que alimentam sondas interestelares alienígenas em galaxias distantes.

Em 25 de Julho de 2018, cientistas usando o Canadian Hydrogen Intensity Mapping Experiment, um rádiotelescópio de ponta na Columbia Britânica, descobriram mais um FRB. O chamaram de FRB 180725A, este estava transmitindo na frequência de 580 Mhz, esta transmissão esta 120Mhz mais baixo do que qualquer FRB encontrado até então, conforme postado pelo relatório postado no The Astronomer's Telegram. A baixa frequência pode significar que a explosão se originou de uma fonte seriamente poderosa, mas indeterminada, diz EarthSky. Desde o FRB 180725A os canadenses se depararam com rajadas adicionais em frequências ainda mais baixas.

Belo Horizonte / MG

5 avaliações
Graduação: Engenharia de Telecomunicações (FUMEC)
Estudante de Engenharia, formado. Boa didática e disponibilidade além de bastante experiência , aulas residenciais ou on-line e na faculdade. Faço trabalhos de faculdade e escolar dos mais variados conteúdos(Resistência dos Materiais, Mecânica dos Fluidos e Cálculo I, II e III). Experiência junto à Universidade em monitorias de Medidas Elétricas, Sistemas Digitais e Logística.
Física I, Física - Mecânica, Física II, Termodinâmica, Física III, Física IV, Eletricidade
Oferece aulas online (sala profes)
R$ 40 / aula
Conversar
Cadastre-se ou faça o login para comentar nessa publicação.

Listas de exercícios, Documentos, Revisões de textos, Trabalhos?

Se seu problema for dificuldade em uma lista de exercícios, revisão de teses e dissertações, correção de textos ou outros trabalhos, peça uma ajuda pelo Tarefas Profes.

Enviar Tarefa

Confira artigos similares

Confira mais artigos sobre educação

Ver todos os artigos

Encontre um professor particular

Busque, encontre e converse gratuitamente com professores particulares de todo o Brasil