Como aprender inglês sozinho?
Profes
em 08 de Janeiro de 2018

Você quer melhorar seu inglês? Você está cansado das escolas de inglês? Já pensou em fazer aulas particulares com um professor particular?
Se você quer começar a estudar inglês sozinho, confira as 100 dicas que preparamos.

  1. Não tenha medo de cometer erros. Tenha autoconfiança. O seu professor particular só poderá te corrigir se você se arriscou a cometê-los.
  2. Coloque sua vida ao máximo em inglês. Ouça músicas em inglês, rádios em inglês (na internet), veja filmes em inglês sem legenda (ou com legenda em inglês), mude a língua dos seus dispositivos eletrônicos para inglês. A melhor maneira de aprender um novo idioma é mergulhando sua rotina nele.
  3. Estude o máximo possível, preferencialmente todos os dias. Faça um plano de estudo (veja o artigo “como criar um plano de estudos”). Decida quanto tempo durante a semana você vai passar estudando e cumpra a meta. Estabeleça uma rotina e seja responsável por executá-la diligentemente.
  4. Informe a sua família e amigos sobre seu plano de estudo. A motivação deles certamente irá te ajudar!
  5. Pratique as 4 habilidades essenciais: leitura, escrita, fala e escuta. Todos eles precisam ser trabalhados paralelamente para melhoria do seu inglês.
  6. Mantenha o hábito de anotar as novas palavras que você aprender. Crie oportunidade de usá-las diariamente em diálogos.
  7. Pratique memorizar os verbos irregulares. Escreva (digite) listas, pois é uma das formas mais eficientes de aprender vocabulário.
  8. Organize seu horário de estudo da melhor forma para que se sinta motivado. Se você é uma pessoa diurna, estude logo cedo depois do café, se é vespertino ou noturna, deixe para estudar com mais foco no final da tarde ou a noite, após o jantar.
  9. Você lembrará mais facilmente das palavras se colocá-las em frases dentro de um contexto maluco, por exemplo: ontem conheci um “macaco” (monkey) que jogava rugby.
  10. Tenha um objetivo tangível, como passar num exame de proeficiência. Você encontrará mais motivação e estudará mais se tiver um bom objetivo à frente.
  11. Coloque em sua mente os benefícios que a língua trará para a sua vida, como arrumar um emprego melhor, podendo fazer com tranquilidade uma entrevista de emprego em inglês.
  12. Coloque também um objetivo fácil de médio prazo, como por exemplo: viajar aos Estados Unidos e somente falar inglês com as pessoas na rua.
  13. Importante também é colocar objetivos pequenos de curto prazo, como por exemplo: traduzir uma música simples sem dicionário.
  14. Deseje aprender por busca de conhecimento, assim estará feliz todos os dias que estudar.
  15. Saiba o que funciona melhor para você. Pense sobre quais métodos foram bem-sucedidos no passado e repita estes métodos.
  16. Descubra como você aprende melhor: lendo, ouvindo, vendo, conversando e dê ênfase nestas ferramentas e objetivos de aprendizagem.
  17. Descubra também que tipo de metodologia pedagógica funciona para você e abuse dela: pode ser decorando, memorizando, lendo, falando alto para si mesmo, resumindo em  um caderno etc.
  18. Descubra em que locais e posição você gosta de estudar. Pode estar em um lugar calmo silencioso, sozinho ou em grupo. Repita estes lugares e métodos.
  19. Peça ajuda. Se você não entender algo, pergunte a alguém imediatamente, seja um professor particular do profes, a uma amigo, parente etc.
  20. Revise o que aprendeu. Certifique-se de tomar o tempo para revisar as coisas que estudou.
  21. Faça intervalos regulares, obtenha um pouco de ar fresco, estique suas pernas e descanse sua mente.
  22. Não tenha muita pressa para subir de nível. Concentre-se no nível que você está agora.
  23. Assista filmes e seriados em inglês, em vez de televisão brasileira (veja o artigo “como usar séries e filmes para aprender um idioma”)
  24. Converse com pessoas nativas.
  25. Leia literatura inglesa e americana. Inicie pelos autores mais fáceis e caminhe para os mais complexos conforme seu vocabulário e gramática forem evoluindo.
  26. Livros infantis, que possuem um vocabulário mais simples e são mais didáticos, são ótimos para iniciar a leitura em inglês.
  27. Jornal é um bom lugar para encontrar formas sintáticas mais complexas. Leia um artigo e veja se você pode encontrar a forma passiva das frases.
  28. Ao não entender uma palavra nova, não corra diretamente ao dicionário. Tente raciocinar e ver se descobre seu significado observando a palavra dentro do contexto da frase.
  29. Veja as desinências das palavras, por exemplo: beautiful (adjetivo), beauty (substantivo), beautifully (advérbio).
  30. Tente descobrir se a palavra tem uma raíz latina para reconhecer seu significado, por exemplo: table ~ távola (em italiano) ~ mesa, father ~ pater ~ padre ~ pai.
  31. Veja como funciona os prefixos (dis-, un-, re-) e sufixos (-ly, -ment, -ful), isso irá ajudá-lo a descobrir o significado das palavras e aumentar seu vocabulário.
  32. O inglês, ao contrário do português e do francês, não possui acentos. Tente descobrir onde está a sílaba forte (tônica).
  33. Use o inglês sempre que puder.
  34. Tente não traduzir mentalmente do inglês para o português, tente pensar em inglês.
  35. Pratique o máximo que puder, de preferência diariamente.
  36. Mantenha um diário ou uma agenda em inglês. Comece por escrever algumas frases um dia e depois ter o hábito de escrever mais.
  37. Por que não começar um blog para a prática da escrita?
  38. Pegue um assunto e escreva uma redação, com título, abertura, defesa de ideias opostas ou complementares e conclusão.
  39. Fique atento à pontuação, pois pode mudar totalmente o que você está tentando dizer.
  40. Cante no chuveiro. Aprenda músicas em inglês e cante como em um Karaokê.
  41. Convide um amigo para conversar em inglês ou use salas de bate-papo, fóruns e sites gratuitos de au pair.
  42. Coloque algumas rádios em inglês nos seus favoritos do celular.
  43. Ouça audiobooks em inglês, você, além de aprender a língua, aprenderá algo novo do seu interesse.
  44. Faça um ditado ou fill in the blanks. Ouça uma música e tente transcrever o que ouviu
  45. Pegue exercícios e simulados gratuitos na internet. Faça-os, veja onde errou e faça novamente.
  46. Grave sua própria voz lendo um texto. Depois ouça sua pronúncia e entonação. Isso irá ajudá-lo a identificar seus avanços e dificuldades.
  47. Pergunte ao seu professor particular se você pode gravar sua aula. Esta é uma ótima maneira de revisar o conteúdo e seus professores falando na velocidade e entonação correta.
  48. Use um dicionário inglês / inglês, pois o ajudará a continuar pensando em inglês e não a traduzir.
  49. Não se torne muito dependente do seu dicionário. Ele deve ser um apoio.
  50. Tente adivinhar o significado das palavras em vez de ir direto ao seu dicionário.
  51. Não desista. Seja forte, persistente e otimista. Às vezes você sentirá que não está aprendendo com rapidez suficiente. Todo mundo sente assim, não se preocupe com isso. Você chegará ao final.
  52. Aproveite. Aprendemos mais quando nos divertimos. Se você ficar nervoso ao falar, faça algumas respirações profundas antes de dizer algo e vá em frente. Você vai falar melhor quando se sentir relaxado.
  53. Mantenha-se motivado olhando para trás e lembrando dos livros didáticos que você completou. Você ficará surpreso com a facilidade com que eles parecem ter. Parabéns, seu nível está melhorando!
  54. Você nunca é muito novo ou muito velho para começar a aprender inglês. Não crie desculpas para não aprender agora. Não procrastine.
  55. Se você ainda não obteve os resultados desejados, não é porque você tem dificuldades de aprender idiomas, é porque você ainda não encontrou seu próprio estilo e método de aprender.
  56. Use recursos que correspondam ao seu nível. Não use textos / exercícios de escuta que sejam mais difíceis ou muito mais fáceis. Use materiais que o desafiem, mas que não te frustrem.
  57. Não se preocupe em ter um sotaque perfeito. É uma parte importante da sua identidade cultural, manter um pouco do seu sotaque. Falantes de inglês nativos gostam de ouvir sotaques distintos.
  58. Existem diferentes formas e sotaques de inglês: britânico, americano, sul-africano australiano e muitos outros. Descubra as diferenças entre um inglês americano e um inglês da Inglaterra.
  59. Leve um pequeno caderno com você com as palavras e frases mais importantes, aquelas que você não decorou.
  60. Use post-its em locais específicos de sua casa, como na geladeira, no seu computador, etc. Você pode usá-los para rotular ou memorizar palavras.
  61. Estude os phrasal verbs, existem centenas deles em inglês e são amplamente usados. Quanto mais você entender seus significados, mais você poderá adivinhar o significado de outros.
  62. Reconheça os padrões da língua. Use sua intuição, você ficará surpreso com a frequência com que o primeiro palpite é o palpite certo.
  63. Vá com calma, se precisar, pense antes de dizer algo. Seu interlocutor terá paciência.
  64. Conheça nativos em inglês. Faça o esforço para frequentar locais onde eles frequentam: bares, clubes, etc. Seja a pessoa a iniciar uma conversa em inglês.
  65. Tente sempre manter as conversas em movimento e usar palavras que promovam a continuidade do papo como: “realmente?” / “Diga mais...” / “o que aconteceu em seguida?”.
  66. Se já conseguir, debata um assunto. Discutir tópicos força a pensar rapidamente na língua.
  67. Aprenda a ouvir ativamente. A escuta ativa ajudará nas sessões de estudo em grupo. Concentre-se na pessoa que está falando.
  68. Não basta decorar palavras, fazer somente palavras-cruzadas. Aprenda a gramática intensamente.
  69. Conheça os tempos verbais e sabia quando usá-los. Compare com sua própria língua e entenda as diferenças.
  70. O inglês tem muitos verbos irregulares. Decore-os dentro de contextos frasais.
  71. Não fique triste se for mal em um exame, você sempre pode estudar mais e refazê-lo.
  72.  Lembre-se, passar num exame de proeficiência não é o mesmo que falar inglês com fluência, continue praticando.
  73. Se puder, aprenda inglês lado a lado com um amigo. Você terá alguém com quem pode praticar e irá se motivar.
  74. Lembre-se, a maneira como escrevemos inglês não é do mesmo modo como é pronunciado. Por exemplo, 'Ough' tem mais de 6 pronúncias. Familiarize-se com o alfabeto fonético. Isso irá ajudá-lo a pronunciar prontamente as palavras no dicionário.
  75. Acostume-se ao som do [ə] - um som vogal neutro e não tônico. [ə] é um dos sons de vogal mais comuns em inglês. Por exemplo, o 'a' em “about” e o 'u' em “supply”.
  76. Tenha em mente que leva mais tempo para aperfeiçoar quando nosso nível já é alto. Normalmente, o progresso mais rápido é feito quando somos iniciantes. Não pense que, de repente, você não está aprendendo mais. É apenas um progresso menos perceptível.
  77. Certifique-se de que o seu inglês está contextualizado com o local, ambiente e ocasião. É tranquilo usar gíria com amigos, na rua, mas não em uma reunião de negócios.
  78. Para aprender gírias, utilize filmes com legendas.
  79. As gírias podem ser difíceis de encontrar, elas não estão nos livros, mas elas são divertidas e eles tornam o seu inglês mais completo.
  80. Utilize os infinitos recursos gratuitos que a internet possui.
  81. Pense nos seus pontos fortes e fracos. Anote quais áreas você quer melhorar e trabalhe em cima deles. Claro, não ignore seus pontos fortes. Felicite-se com o quão bem você está.
  82. Corrija mentalmente seus erros. Você provavelmente está cometendo os mesmos erros de gramática uma ou outra vez.
  83. Aprenda definitivamente desde o início o uso do artigo direto em inglês (a / an, the). Estar ciente que há mais para esta regra do que a / an = algo não específico iniciado numa vogal, the = específico.
  84. Utilize imagens para aprender palavras. Google imagens é uma excelente ferramenta para isto.
  85. Antes de ir a um restaurante, pense no que o garçom provavelmente irá perguntar para você, pense em quais frases você vai utilizar.
  86. Conheça os gestos da cultura inglesa, de diversos países.
  87. Se puder, faça um intercâmbio. E quando estiver no exterior, misture-se com pessoas nativas e não só com as pessoas de seu próprio país. Portanto, não é uma boa ideia dividir uma casa com outros brasileiros.
  88. Você pensou em conseguir um emprego ou fazer um estágio no exterior? Com as informações que já possui, procure tomar cuidado para que esta experiência contribua de forma significativa para seu aprendizado da lingua e sua profissão.
  89. Nunca desista dos seus objetivos. A persistência é importantíssima para qualquer aprendizado.
  90. Não se preocupe em aprender tudo, nem i=um nativo inglês saberá todas as regras, todos os verbos, todas as palavras.
  91. Entenda as sutis diferenças fonéticas de frases muito parecidas, por exemplo “come here”, com “I can hear.
  92. Tente procurar homônimos, por exemplo, de quantos modos podemos dizer, "Adeus" em inglês? “Goodbye”, “bye”, “see you soon”, etc.
  93. Faça sempre que puder o seu dever de casa. Revise suas anotações da sua última aula. Fazendo isso, irá atualizar sua memória.
  94. Concentre-se na sua aula, não se distraia, não olhe para outras abas da internet.
  95. Não chegue atrasado para aula. Chegue com alguns minutos de antecedência para ficar concentrado desde o início.
  96. Se puder, desligue o seu celular ou coloque no silencioso.
  97. Seja organizado, lembre-se de levar seus livros, cadernos, anotações no momento de aprendizado formal.
  98. Encontre um lugar confortável, evite cafés e lugares públicos barulhentos.
  99. Procure fazer do seu aprendizado momentos de prazer, desta forma fica mais fácil e agradável.
  100. Por último, contrate um professor particular competente e qualificado. No profes você encontrará esse profissional que fará a diferença neste momento de sua vida. 

Estudar línguas no conforto de sua casa (à distância) é uma opção muito mais confortável seja para passar no TOEFL, GMAT, GRE, ou nos exames Cambridge (CAE) e você pode aprender não só inglês como: francês, japonês, alemão, espanhol ou outros idiomas.

 

 

Rio de Janeiro / RJ

1 avaliação
Mestrado: Arquitetura e Urbanismo (PUC-Rio)
Sou formada em Design para Ufes e tenho mestrado em Arquitetura pela PUC-Rio. Sou apaixonada por design, trabalho no Profes e adoro ajudar novos profissionais da área. Se eu puder te ajudar de alguma forma, é só entrar em contato! :)
Design - Webdesign, Design Gráfico, Design - Vestibular, Design - Curso superior, Design - Técnico, Design Profissional, Design - Branding
Oferece aulas online (sala profes)
R$ 55 / aula
Solicitar aula
1ª aula gratuita
Cadastre-se ou faça o login para comentar nessa publicação.

Confira artigos similares

Confira mais artigos sobre educação

Ver todos os artigos

Encontre um professor particular

Busque, encontre e converse gratuitamente com professores particulares de todo o Brasil