Cinco dicas poderosas para a redação do ENEM - 2
Eduardo Freires
em 27 de Agosto de 2018

Agora chegou a vez da dica 02 para a redação do ENEM e de vestibulares. Conheça também os critérios de desempenho analisados pelo INEP para correção dos textos, afinal, são 200 pontos em jogo só nesta competência. Vamos lá!

Competência 2 – Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo em prosa.

Os textos motivadores da proposta de redação não devem ser ignorados de maneira alguma, mesmo que você domine amplamente o assunto. Tem gente que diz ser perda de tempo lê-los, mas garanto que tal leitura ajudará muito na organização das ideias de acordo com o que deseja a banca examinadora do ENEM, sem correr o risco de fugir do tema proposto. Compreender a proposta de redação é uma exigência que pode valer uma boa nota, se obedecida, ou representar a perda de muitos pontos e até ter a redação toda “zerada”, se desobedecida.

Mas como isso pode acontecer? Há duas situações imperdoáveis em uma redação no ENEM:

a) O tangenciamento do tema: consiste na abordagem parcial do tema proposto, realizada nos limites do assunto mais amplo (geral) a que ele está vinculado, deixando em segundo plano a discussão em torno do eixo temático principal (específico). A partir do tema “O avanço de doenças endêmicas no Brasil no século XXI”, vamos a dois exemplos de tangenciamento para você entender melhor como ele ocorre: 1) se o participante estruturar o debate sobre o avanço das doenças no Brasil em qualquer época (não no século XXI); 2) se a redação abordar as doenças endêmicas pelo mundo (não no Brasil). Nesses casos, a redação não é eliminada, mas nesta competência 2 o texto recebe nota mínima, ou seja, apenas 40 pontos dos 200 possíveis.

b) A fuga total ao tema: quando nem o assunto mais amplo nem o específico são desenvolvidos. Para o mesmo tema acima – “O avanço de doenças endêmicas no Brasil no século XXI” – recebe a marca de “fuga ao tema” a redação cujo texto se estruture integralmente em assuntos que não o solicitado, tais como, “Segurança pública”, “Meio ambiente”, “Prática de esportes”, “Corrupção”, entre outros não vinculados ao eixo temático principal (específico). Nessa situação, a redação recebe, sem piedade, nota total “zero”, ou seja, é eliminada.

Outra questão importante: o que você jamais pode fazer é copiar trechos dos textos motivadores ou parafraseá-los, pois isso acarretará na redução da pontuação do seu texto. Cada um desses trechos copiados será eliminado, o que reduzirá o número de linhas e as ideias passarão a ficar confusas por falta de coesão e coerência entre elas. Certamente, você perderá muitos pontos por cometer esse erro fatal.

Além desses detalhes relacionados ao tema e aos textos motivadores, a banca examinadora também exige que você escreva um texto dissertativo-argumentativo - o tipo textual capaz de demonstrar a verdade de uma ideia ou tese - não apenas com exposição de ideias, mas, sobretudo, com apresentação de argumentos consistentes para defendê-las. Esses argumentos devem sempre envolver os conhecimentos sócio-culturais que você adquiriu ao longo de toda a sua vida escolar, que podem ser confirmados por meio de exemplos, citações de autores ou do depoimento de especialistas no assunto, a alusões históricas, a fatos verídicos, a dados estatísticos e por comparação entre fatos. Quanto mais conhecimento produtivo demonstrar das mais variadas áreas melhor, pois assim você pode impressionar a banca de corretores. A apresentação de bons argumentos para influenciar a opinião do leitor, e tentar convencê-lo de que a ideia defendida está correta, é muito importante, afinal, o texto a ser elaborado no ENEM, e em quase todos os vestibulares no Brasil, tem dupla natureza: é dissertativo porque expõe um ponto de vista, uma opinião; é argumentativo porque se utiliza de argumentos para defender tal opinião.

Outro detalhe detonador para qualquer texto é não atender ao tipo textual dissertativo argumentativo quanto as suas estruturas e características. Caso a redação não seja composta por parágrafos de introdução (proposição), desenvolvimento (argumentação) e conclusão (fechamento) bem organizados; ou se resumir a um poema, uma música, receita ou mesmo a narração de uma história; a nota total atribuída a ela será “zero”. Portanto, tenha certeza de que você conhece plenamente esse tipo textual para não vacilar na hora da prova!

Fica a dica: CLICA em CURTIR nossa página no FACEBOOK logo abaixo desta publicação. Assim, quando postarmos a DICA 3 você será avisado!

Baseado nas instruções acima e no Guia do Participante da redação do ENEM, a seguir um resumo (e mais outras dicas) de tudo o que abordei neste artigo:

a) Leia atentamente a proposta de redação e os textos motivadores. Enquanto isso, faça anotações das ideias que forem surgindo, pois poderão ajudar muito na hora de produzir o texto;

b) Embora importantes, não copie as ideias dos textos motivadores, porque eles são apresentados apenas para despertar uma reflexão sobre o tema e ajudar você na fuidez de novas ideias;

c) Não copie trechos dos textos motivadores. Cada trecho copiado será eliminado e descontado no número de linhas de sua redação. Isso prejudicará muito a avaliação do desenvolvimento das ideias quanto à coesão e coerência;

d) Reflita sobre o tema proposto para decidir como abordá-lo, qual será seu ponto de vista e como defendê-lo. Além disso, será muito importante para evitar que você tangencie o tema, e tenha a nota reduzida, ou fuja totalmente dele, e tenha a redação “zerada”;

e) Utilize informações de várias áreas do conhecimento, demonstrando que você está atualizado em relação ao assunto a ser discutido e tem um bom repertório sócio-cultural produtivo;

f) Desenvolva o tema de forma consistente e gradativa para que o leitor possa acompanhar seu raciocínio facilmente. Lembre-se, não basta expor ideias, é preciso também defendê-las por meio de argumentos;

g) Reúna todas as ideias que lhe ocorrerem sobre o assunto, procurando organizá-las em uma estrutura coerente em forma de parágrafos;

h) Respeite a estrutura padrão do texto dissertativo-argumentativo. No parágrafo de introdução (proposição) apenas apresente as ideias a serem desenvolvidas ao longo do texto, jamais abra discussão sobre o assunto nesta fase. Nos parágrafos de desenvolvimento (argumentação) faça fluir as ideias apresentadas na introdução, expondo-as e defendendo-as por intermédio de argumentos lógicos e verdadeiros. No último parágrafo, o de conclusão, retome à ideia apresentada da introdução e promova a apresentação de uma proposta de intervenção e os meios para ela se executada.

Um abraço!

Prof. Eduardo Freires

Nova Iguaçu / RJ
Especialização: Português: ensino de leitura e produção de textos (UFRRJ - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro)
Olá! Sou professor há 21anos e, ao longo desses anos, tive a oportunidade de contribuir à formação de milhares de adolescentes, jovens e adultos. Sou graduado em Letras pela UNESA-RJ, pós-graduado em Docência do Ensino Superior pela PUC-MG e pós-graduado em Ensino de Leitura e Produção de Textos pela UFRRJ. Já ministrei e ministro aulas para todas as séries dos Ensinos Fundamental e Médio das redes particular e pública de ensino do Rio de Janeiro, além de ter sido por 5 anos docente dos cursos d ...
Redação para Ensino Fundamental, Redação para Ensino Médio, Apoio em Redação, Redação - Aulas Particulares, Redação para Vestibular, 1º parágrafo da Redação, Como fazer uma Boa Redação
Oferece aulas online (sala profes)
Oferece aulas presenciais
R$ 40 / aula
Conversar
1ª aula gratuita
Cadastre-se ou faça o login para comentar nessa publicação.

Listas de exercícios, Documentos, Revisões de textos, Trabalhos?

Se seu problema for dificuldade em uma lista de exercícios, revisão de teses e dissertações, correção de textos ou outros trabalhos, peça uma ajuda pelo Tarefas Profes.

Enviar Tarefa

Confira artigos similares

Confira mais artigos sobre educação

Ver todos os artigos

Encontre um professor particular

Busque, encontre e converse gratuitamente com professores particulares de todo o Brasil