Cinco dicas poderosas para a redação do ENEM - 3
Eduardo Freires
em 27 de Agosto de 2018

A redação do ENEM vale até 1000 pontos. Ela, certamente, fará a diferença na conquista da tão sonhada vaga na universidade. Nos vestibulares e concursos não é diferente! Por isso, não deixe de ler este e os outros artigos da série "Cinco dicas poderosas para a redação do ENEM".

Competência 3 – Interpretar, selecionar, organizar e relacionar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Você sabe que a base do texto dissertativo-argumentativo é a defesa de um ponto de vista, certo? Tudo o que for escrito deve ser em função dessa defesa, a fim de convencer o leitor de que seus argumentos são lógicos e bem fundamentados. Mas para isso, é importantíssimo tomar como base alguns critérios:

a) INTERPRETAR e SELECIONAR informações, dados, fatos, citações, exemplos, alusões e fazer comparações: se a partir do tema, e dos textos da coletânea você souber interpretar e selecionar os elementos que comporão seu texto, será um respeitável passo rumo ao texto final. Mas como fazer isso? Nessa fase pré-textual, quando você ainda rabisca as primeiras linhas do esquema (o rascunho), procure fazer as seguintes perguntas: O quêPor quêComoQuais? Vamos exemplificar para melhorar seu entendimento. Digamos que o tema proposto seja: “A escassez de alimentos para saciar a fome no Brasil”. Faça então as perguntas: O que é a escassez de alimentos no Brasil? Por que ela existe? Como ela ocorre? Quais são as soluções para o problema? Para cada uma das perguntas você pode apresentar como respostas algumas informações publicadas na mídia, dados estatísticos, fatos atuais ou históricos, citações de autoridades no assunto, exemplos reais e comparações diversas. Isso tudo na folha de rascunho. Essas perguntas formuladas e respondidas por você vão ajudar muito na "captação" e organização das ideias em torno do tema, tudo a fim de você produzir seu texto com mais facilidade. Assim você não ficará perdido na hora de estruturar o texto e terá dados suficientes para começar a escrever.

b) ORGANIZAR e RELACIONAR informações, dados, fatos, citações, exemplos, alusões e fazer comparações: todas as ideias que você “colheu” na fase anterior precisam agora ser organizadas de forma coerente para garantia da inteligibilidade textual, ou seja, as ideias devem harmônica e progressivamente ser interpretadas pelo leitor final, sem que ele tenha dúvidas quanto ao conteúdo ou aos objetivos de quem escreve, certo? Os fatos e opiniões necessariamente precisam estar relacionados ao tema proposto de forma consistente e organizada. Caso contrário, o texto ficará confuso e o leitor não entenderá o que se pretende transmitir. Para você entender melhor essa fase do texto, que tal voltarmos ao tema e às perguntas que propus no item anterior? Bem, as respostas a primeira pergunta (O que é a escassez de alimentos no Brasil?) podem ser a base para o parágrafo de introdução. Nele você pode apresentar a tese e dar rumo para as ideias a serem defendidas posteriormente; as respostas a segunda pergunta (Por que ela – escassez – existe?) poderão configurar a base argumentativa para o primeiro parágrafo do desenvolvimento, com a explanação dos argumentos capazes de defender a tese; já as respostas a terceira pergunta (Como ela – a escassez – ocorre?) servem como sustentação para o segundo parágrafo de desenvolvimento; Por último, as respostas a quarta pergunta (Quais são as soluções para o problema?) cairão muito bem para o encerramento do texto. Claro que existem outras possibilidades de construção textual; essa é apenas uma delas.

enlightenedMas fique atendo, uma vez que nada disso adiantará se você não apresentar clara articulação de ideias, bons exemplos, boa qualidade de dados e de citações na composição do texto. Não escreva quaisquer ideias sem primar pelo encadeamento sequencial e progressivo de sentidos e sem atentar para possíveis incoerências entre essas ideias. Cada parágrafo deve apresentar um novo assunto coerente sempre com o que for apresentado antes, sem repetições e saltos temáticos (mudança de assuntos repentinamente). Assim, no texto coerente, o autor trabalha uma ideia até o fim só para depois iniciar outra. As informações e dados devem ter relação com a realidade, sem ficções inventadas somente para preenchimento de espaço.

Nova Iguaçu / RJ
Especialização: Português: ensino de leitura e produção de textos (UFRRJ - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro)
Olá! Sou professor há 21anos e, ao longo desses anos, tive a oportunidade de contribuir à formação de milhares de adolescentes, jovens e adultos. Sou graduado em Letras pela UNESA-RJ, pós-graduado em Docência do Ensino Superior pela PUC-MG e pós-graduado em Ensino de Leitura e Produção de Textos pela UFRRJ. Já ministrei e ministro aulas para todas as séries dos Ensinos Fundamental e Médio das redes particular e pública de ensino do Rio de Janeiro, além de ter sido por 5 anos docente dos cursos d ...
Redação para Ensino Fundamental, Redação para Ensino Médio, Apoio em Redação, Redação - Aulas Particulares, Redação para Vestibular, 1º parágrafo da Redação, Como fazer uma Boa Redação
Oferece aulas online (sala profes)
Oferece aulas presenciais
R$ 40 / aula
Conversar
1ª aula gratuita
Cadastre-se ou faça o login para comentar nessa publicação.

Listas de exercícios, Documentos, Revisões de textos, Trabalhos?

Se seu problema for dificuldade em uma lista de exercícios, revisão de teses e dissertações, correção de textos ou outros trabalhos, peça uma ajuda pelo Tarefas Profes.

Enviar Tarefa

Confira artigos similares

Confira mais artigos sobre educação

Ver todos os artigos

Encontre um professor particular

Busque, encontre e converse gratuitamente com professores particulares de todo o Brasil