Copywiting
Fernando C.
em 24 de Fevereiro de 2021

copywriting

 

Você já ouviu falar em copywriting? Imagine que você deseja realizar uma compra pela internet e busca pelo seu produto em várias lojas virtuais. Nesse caso, qual delas foi a que mais chamou a atenção? com certeza aquela que ofereceu o seu produto de forma tão irresistível que você realizou a compra através dela.

Você já imaginou poder convencer determinado público através do uso estratégico de palavras? sim, o copywriting é uma técnica de produção de textos de forma persuasiva, mas será que se restringe exclusivamente à escrita?

Nesse artigo aqui veremos o que é copywriting, como surgiu, o que o escritor de copywriting faz, objetivos e muitas informações sobre a produção de conteúdo persuasivo pela internet.


O que é copywriting 

De forma simples o copywriting é uma estratégia utilizada por produtores de conteúdo com o objetivo de convencer determinado público a tomar uma atitude a respeito de algo. Por exemplo, como baixar o material, 5 dicas para emagrecer de forma saudável, entre outros. Ou seja, o importante é utilizar meios de tornar sua oferta irresistível.

A idéia do copywriting é muito comum no marketing digital para quem trabalha com vendas, mas são várias as atribuições como chamar um usuário a assistir um video, participar de uma pesquisa, ler um post em um blog ou a assinar em plataformas como netflix por exemplo.

Além disso, seu surgimento acontece muito antes da criação e popularização da internet. O termo copy foi usado pela primeira vez por Noah Webster em 1828 com a idéia de algo ou produto que deve ser “copiado” ou imitado através da escrita.

Esse termo perdeu popularidade durante muitos anos até que em 1870 profissionais de jornalismo e imprensa definiram o copywriter como o profissional que escreve anúncios para diferenciá-los dos redatores de notícias. Devido a sua importância ainda hoje nas estratégias de vendas, existem copywriters  inteiramente dedicados a essa área. 

Existe aquele termo que é o forte CTA (forte chamada para ação), ou seja, o mais importante para o copywriting é passar informações convidando o potencial cliente a tomar uma atitude através de boas práticas de escrita. 

Mais quais seriam essas boas práticas para se ter uma boa copywriting? primeiro vamos descrever alguns erros comuns que prejudicam a escrita persuasiva e depois vamos listar algumas das mais poderosas armas do copywriting que são os gatilhos mentais.

  • linguagem pobre: Esse é um dos erros mais comuns e caracteriza-se por não ter muita coerência, possuem erros gramaticais e linguagem pobre e isso pode ser extremamente prejudicial quando a ideia é vender mais.
  • ausência de credibilidade: A credibilidade da empresa não depende de uma escrita impecável. De nada adianta ser um bom escritor se não passar confiança ao cliente a respeito do produto desejado. O mais importante é demonstrar que a empresa tem interesse em ajudá-lo  e sempre cumpre o que promete.
  • despejar informações descontroladamente: a idéia do copywriting não é abraçar o mundo em um único texto. O copywriter deve saber que a vários subpúblicos diferentes e deve-se abordar um assunto sobre vários aspectos diferentes. Então não seja genérico e vale lembrar também que o leitor nem sempre tem tempo para ler um anúncio extremamente longo.
  • não exagere nos jargões: Não confunda, os jargões são importantes e diversos segmentos empresariais os possuem sendo necessário às vezes mencioná-los, mas é importante saber que os leitores nem sempre estão habituados com esse vocabulário. Então sempre explique os conceitos de forma clara e fácil.
  • Descrever apenas características e serviços: o que o cliente procura é a solução de seus problemas, ou seja, mais do que oferecer a solução é necessário focar nos benefícios e vantagens de seu trabalho do que em detalhes desnecessários.

E claro chegamos aqui para descrever o ponto chave do copywriting que são os gatilhos mentais. Esses têm por base a idéia de que o comportamento humano possui alguns princípios que o levam a agir de forma automática em certos momentos.

Esses momentos podem ser provocado através dos gatilhos mentais durante uma escrita persuasiva. É claro que não é nenhum plano do mal da nova ordem mundial, esses gatilhos mentais tem o objetivo de acelerar o processo de decisão evitando perda de tempo e energia.

Aliás, Robert Cialdini diz que o comportamento humano é muito suscetível a agir de forma automática em situações de reciprocidade, aprovação social, afeição, autoridade, compromisso e coerência. Segue aí as características de cada um.

 

  • reciprocidade: esse gatilho parte da idéia de que gentileza gera gentileza, pois é natural nossa tendência de reagir de forma positiva a uma ação positiva.
  • aprovação social: este princípio se refere que somos influenciados pelas decisões de outras pessoas. já pensou que está por fora de determinado assunto? é uma reação em cadeia de quanto mais pessoas decidem por tal coisa, mais pessoas acabam decidindo também.
  • afeição: esse gatilho, sugere que as pessoas preferem se optar pelo que é mais parecido com elas, seja por habilidades ou características por exemplo.
  • autoridade: o ser humano tende a respeitar os que lhe são superiores, ou superior a alguém e é alvo deste gatilho mental.
  • compromisso: quando uma pessoa assume um compromisso, tende a se comportar de forma condizente com a que foi assumida.
  • coerência: esse gatilho é muito popular e eficiente, leva a pessoa a tomar uma atitude rápida quando está prestes a perder alguma coisa reagindo de forma emocional.

 

Qual o objetivo do copywriting e como se faz?

 

A idéia do copywriting é realmente fazer com que o leitor tome uma decisão, seja realizar uma compra ou simplesmente continuar com uma boa leitura em um blog de modo a ficar cada vez mais tempo neste.

 A empresa se serve dessa técnica para cativar a atenção de seu cliente com a descrição de seu produto deixando claro que é a melhor para seus problemas.

O copywriting não se resume a simplesmente escrever um texto, na verdade essa é a parte mais simples do trabalho. É necessário fazer toda uma pesquisa para saber quais são as principais necessidades do leitor para apresentar os melhores benefícios da forma mais persuasiva possível.

Se você anunciar uma churrascaria, por exemplo, é essencial descrever onde está localizada e quais são suas melhores opções. Também é importante saber qual tipo de público e escrever de modo específico.

 

qualquer um pode fazer?

 

A escrita persuasiva não é algo que se aprende da noite para o dia sendo necessário treinar e se desenvolver a cada dia. Não é dom nem vocação. 

O ideal é que os empreendedores treinassem sua escrita já que tem que conhecem seus negócios como mais ninguém, mas se não for o caso também é importante contratar alguém que entenda do assunto, pois uma copy mal escrita pode não trazer o resultado desejado.

Lages / SC
Graduação: biologia-licenciatura (UNIASSELVI - Centro Universitário Leonardo da Vinci)
" há biologia em tudo, mesmo quando você está se sentindo espiritual." helen fisher.
Oferece aulas online (sala profes)
Oferece aulas presenciais
R$ 40 / aula
Conversar Whatsapp do professor Fernando C. Whatsapp do professor Fernando C. Ver WhatsApp
1ª aula demonstrativa
Cadastre-se ou faça o login para comentar nessa publicação.

Listas de exercícios, Documentos, Revisões de textos, Trabalhos?

Se seu problema for dificuldade em uma lista de exercícios, revisão de teses e dissertações, correção de textos ou outros trabalhos, peça uma ajuda pelo Tarefas Profes.

Enviar Tarefa

Confira artigos similares

Confira mais artigos sobre educação

+ ver todos os artigos

Encontre um professor particular

Busque, encontre e converse gratuitamente com professores particulares de todo o Brasil