Depressão Infantil
Fernando C.
em 28 de Fevereiro de 2021

Depressão na infância

 

Muitas pessoas pensam que as crianças não desenvolvem problemas como depressão, problema este muito recorrente nos adultos. Porém a depressão ocorre em todas as idades e vem aumentando bastante nos últimos tempos em crianças pois são tidos como simples tristeza que melhora com o crescimento.

 Autores como Augusto Cury por exemplo define essa geração como a mais triste de toda história, onde nunca tivemos tantos estímulos prazerosos e mesmo assim vivemos tão tristes.

A depressão na infância é um mal que vem crescendo na atualidade e segundo as estatísticas cerca de 2% das crianças e 5% de todas as crianças são diagnosticadas com essa doença.

A depressão na infância não só é mais difícil de ser diagnosticada como pode ser confundida com outros transtornos psicológicos como o transtorno de déficit de atenção e hiperatividade e nem sempre recebem a devida atenção ou tratados da maneira correta. Mas afinal o que fazer?

Dizem que o melhor tratamento é a prevenção, o que é bem verdade, mas o ambiente negativo em casa e a falta de informações de pais e professores nem sempre favorecem a saúde psicológica da criança.

Veremos que as crianças possuem sintomas diferentes, porém característicos e repetitivos, bem como as causas influências, tratamento e prevenção sem esquecer também de dicas para ajudar no tratamento.

 

 O que é depressão infantil 

 

A criança ainda está formando seu vocabulário e seu potencial para reconhecer sentimentos, então nem sempre consegue perceber com exatidão o que está sentindo e nem se expressar de forma adequada.

A depressão em resumo é um estado de tristeza intensa que pode durar dias ou semanas ininterruptamente, tendo variantes neurológicas, psicológicas e sociais.

Depois que se estabelece a depressão se caracteriza por gerar distúrbios que prejudicam o fluxo de neurotransmissores entre sinapses, sendo necessários a utilização de remédios

 

Sintomas da depressão infantil 

 

A depressão infantil costuma se manifestar em momentos traumáticos e caso esteja preocupado quanto a saúde de seu filho, segue aqui uma lista com os principais sintomas:

 

  • Angústia;
  • pessimismo;
  • Agressividade: 
  • falta de concentração e dificuldade no aprendizado;
  • Isolamento;
  • insônia ou sono excessivo;
  • desatenção de tudo;
  • baixa auto-estima;
  • sentimento de inferioridade;
  • pensamento suicida;
  • desânimo, cansaço e falta de energia;
  • dificuldade em afastar-se da mãe;
  • sentimento de culpa;
  • perda ou ganho de peso

 

Podemos também prestar a atenção em fatores como o medo. Como sabemos as crianças têm muita curiosidade em explorar as coisas em sua volta. Então quando ela desenvolve um medo capaz de paralisá-la temos aqui outro forte sintoma.



Causas da depressão infantil 

 

Geralmente o diagnóstico é feito com base no manual DSM-5 (Manual de Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais). Este é um manual estatístico feito pela sociedade americana de psiquiatria para definir como é feito o diagnóstico de transtornos mentais e é frequentemente usado por psicólogos e terapeutas.

Quanto às causas da depressão, não existe uma causa precisa que justifique os casos de depressão na infância. No entanto, são bem conhecidos os fatores de riscos que estão frequentemente associados à depressão. Esses fatores estão enquadrados em três categorias que são as biológicas, psicológicas e sociais ou ambientais.

As causas biológicas estão frequentemente ligadas à parte genética e hereditárias. Pesquisas demonstram que crianças com depressão possuem muitos familiares adultos com depressão.

Quanto aos aspectos psicológicos, podemos mencionar alguns traumas  como a morte de uma pessoa ou animal de estimação, separação dos pais ou mudança de colégio, ou mesmo estado de saúde como uma doença, uma cirurgia, etc. 

E quanto aos aspectos sociais ou ambientais, podemos citar fatores como pobreza, situações financeiras, má convivência com a família e colegas de escola, etc.

 

Influências da escola e da família na depressão infantil

 

As influências de pais e professores também está muito ligado às causas de depressão em crianças, pois a falta de conhecimento em lidar com esses casos pode agravar os casos e gerar consequências para seu futuro.

Infelizmente a nossa educação escolar e as famílias estão visivelmente despreparadas para diagnosticar com precisão.

Pois ao invés de olharem mais atentamente aos possíveis sintomas, costumam pensar que por estarem em fase de crescimento, um estado deprimido é apenas uma situação passageira e que faz parte do processo de construção de sua personalidade.

Enquanto que agindo com conhecimento de causa certamente teriam um diagnóstico rápido, tratamento adequado e em tempo hábil.

Vale lembrar que em relação a escola e família como causadoras da depressão infantil, temos fatores ambientais como humilhação, maltrato, opressão e rejeição por parte de colegas de sala, pais e professores.

Além do diagnóstico, os pais devem mostrar apoio e que a criança não está sozinha, além de criar com o apoio da escola um ambiente saudável e acolhedor.

 

tratamento da depressão infantil 

 

Mesmo quando os sintomas são percebidos pela escola e família, nem sempre recebem a devida importância pelos profissionais de saúde e acabam tendo dificuldade em diagnosticar.

O que também dificulta o diagnóstico, é que a depressão também é sintoma de outros transtornos o que faz os profissionais pensarem em outras opções como o transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH), transtorno de ansiedade, entre outros.

É muito importante que o diagnóstico seja rápido pois quanto mais tempo levar, os sintomas serão cada vez mais persistentes e mais difícil será reverter os pensamentos depressivos da criança.

A melhor maneira de se tratar a depressão e às vezes a única é através da psicoterapia individual sendo necessário em alguns casos a utilização de remédios para causas por fatores genéticos.

O psicólogo elabora uma hipótese diagnóstica e envia para o psiquiatra que pode refutar ou não e indicar medicamentos quando necessário

Geralmente o psicólogo e o psiquiatra costumam trabalhar juntos no tratamento da depressão.

 

E qual a prevenção ?

 

O principal fator para a prevenção é um ambiente familiar saudável, pois este reflete diretamente no desenvolvimento da personalidade da criança e no seu estado emocional. 

É importante que haja amor e compreensão de forma a estabelecer uma relação de confiança.

Uma criança que é bem sucedida na escola, capacidade intelectual normal, pratica atividades extracurriculares como esportes, música, artes, etc, possuem menores chances de desenvolver a doença.

E mais uma vez é necessário conhecimento sobre a depressão para que haja um diagnóstico precoce e diminuir agravantes.

Se chegarmos até aqui passaremos algumas dicas para auxiliar no tratamento e prevenção da depressão. A criança nesse estado possui desânimo e medo de tudo, mas procure convencê-la de algumas atitudes que ajudarão a melhorar. Seguem agora algumas dicas que auxiliam tanto no tratamento como na prevenção.

  • Atividades físicas, por exemplo, promovem a interação social, diminui o sofrimento e melhora a autoestima. Também regula os níveis bioquímicos liberando substâncias que causam prazer como serotonina e melatonina.
  • A depressão causa insônia ou excesso de sono, mas é possível ter uma alimentação saudável de modo a melhorar o sono, pois uma mente bem descansada tem melhores condições de melhora
  • Outra é aprender um instrumento musical (é isto mesmo). Pois aprender um instrumento como exemplo o vilão, pois impacta quase diretamente em seus sintomas. Como vantagens temos a redução do estresse, melhora da concentração, coordenação motora, trabalho em equipe, etc.
  • Alguns aspectos da convivência familiar também devem ser adaptados. O ambiente deve ser tranquilo e as pessoas a sua volta precisam ser otimistas e com pensamentos positivos, além de demonstrarem confiança para que a criança possa se expressar da melhor forma possível
Lages / SC
Graduação: biologia-licenciatura (UNIASSELVI - Centro Universitário Leonardo da Vinci)
" há biologia em tudo, mesmo quando você está se sentindo espiritual." helen fisher.
Oferece aulas online (sala profes)
Oferece aulas presenciais
R$ 40 / aula
Conversar Whatsapp do professor Fernando C. Whatsapp do professor Fernando C. Ver WhatsApp
1ª aula demonstrativa
Cadastre-se ou faça o login para comentar nessa publicação.

Listas de exercícios, Documentos, Revisões de textos, Trabalhos?

Se seu problema for dificuldade em uma lista de exercícios, revisão de teses e dissertações, correção de textos ou outros trabalhos, peça uma ajuda pelo Tarefas Profes.

Enviar Tarefa

Confira artigos similares

Confira mais artigos sobre educação

+ ver todos os artigos

Encontre um professor particular

Busque, encontre e converse gratuitamente com professores particulares de todo o Brasil