Gêneros Textuais
Hamires C.
em 10 de Julho de 2019

Os gêneros textuais são estruturas relativamente estáveis que utilizamos para nos comunicar e têm relação com a finalidade do texto. Eles existem em número incontável e crescente, dada a constante transformação na comunicação humana, por exemplo, devido às novas tecnologias.

Exemplos de gêneros textuais são: o romance, o conto, a dissertação argumentativa, a dissertação de mestrado, o bilhete, a propaganda, o artigo de opinião, a palestra, a aula expositiva, dentre muitos outros. Note que alguns dos gêneros citados são gêneros orais, ou seja, falados: sim, também utilizamos os gêneros textuais na oralidade, toda fala é um texto.

O estudo dos gêneros textuais é muito importante para escrever uma redação e, em específico, o estudo do gênero pedido pela prova. Também é importante para uma boa leitura e para a interpretação de textos!

Cada gênero terá características próprias que orientarão a escrita da redação e também a interpretação, por isso, é preciso conhece-las.

Para você entender melhor a relação das características dos gêneros com sua finalidade, veremos, a seguir, o gênero “bilhete” e o gênero “dissertação argumentativa”.
O bilhete é um texto curto, direcionado a um destinatário específico - que vem designado na forma de vocativo - e tem a finalidade de passar uma mensagem simples a esse leitor. Por exemplo:

“Mãe,
Deixei o dinheiro para o mercado em cima da cristaleira.
Com amor,
Joana”

O bilhete acima tem o objetivo de informar à mãe de Joana que Joana deixou o dinheiro do mercado em cima da cristaleira. O destinatário é a mãe de Joana e o remetente é Joana. Para que o objetivo do texto seja cumprido, o bilhete precisa conter o destinatário, a informação e o remetente. Esta é a estrutura que visa a finalidade do bilhete.

Já a dissertação argumentativa tem a finalidade de defender uma tese através de argumentos. A tese é um ponto de vista do autor sobre um determinado tema, e os argumentos são as informações nas quais será embasada a tese, ou seja, os argumentos explicarão e darão validade à tese. Há algumas especificações na linguagem usada na dissertação argumentativa: ela deve ser formal e impessoal; isto para que o texto obtenha credibilidade, pois a finalidade desse gênero é convencer o leitor de que a tese do autor está correta.

Falarei mais sobre a dissertação argumentativa em outros textos, pois ela é pedida em larga escala pelas provas de vestibulares e é o gênero exigido na prova do Enem.

Bons estudos, e até a próxima!

Hamires Cristine está online
São Paulo / SP
Graduação: Licenciatura em Letras - Português (FMU - Faculdades Metropolitanas Unidas)
Português para Jovens Português - Coesão Português - Professor Leitura em Português Português - Dificuldades em leitura e escrita Português - Aulas Particulares Português - Leitura e compreensão textual
Professora de redação com metodologia focada no aluno e na relação aluno-professor
Oferece aulas online (sala profes)
R$ 40 / aula
Conversar
Responde em 9 min
Cadastre-se ou faça o login para comentar nessa publicação.

Listas de exercícios, Documentos, Revisões de textos, Trabalhos?

Se seu problema for dificuldade em uma lista de exercícios, revisão de teses e dissertações, correção de textos ou outros trabalhos, peça uma ajuda pelo Tarefas Profes.

Enviar Tarefa

Confira artigos similares

Confira mais artigos sobre educação

Ver todos os artigos

Encontre um professor particular

Busque, encontre e converse gratuitamente com professores particulares de todo o Brasil