Você é uma pessoa procrastinadora?

Uma dica prática de autogestão para você que é procrastinador e fica frustrado com isso.

Coaching Autoconhecimento Autodesenvolvimento Profissional
Você é uma pessoa procrastinadora?
Priscila B.
em 02 de Março de 2021

Você é uma pessoa procrastinadora? Eu sou.

Jogos no celular, notificação, YouTube, louça pra lavar, chão pra varrer, cachorro pra levar pra passear. 

Tudo isso parece muito mais importante do que executar o nosso trabalho, ou estudar o que precisamos.

 

No livro "A Arte da Procrastiação", o autor John Perry fala sobre a procrastinação de uma maneira que não nos faz sentir errados, ou com defeito, mas sim, nos mostra a maneira como pensamos e porque procrastinamos.

Eu tenho trabalho a fazer e aulas pra assistir. Sempre me pego querendo fugir dessas coisas. Escrever esse artigo é um momento desses? Talvez!

Mas uma das coisas que o professor John aborda no livro, é que, quem procrastina, executa muita coisa. Talvez se nos programássemos pra escrever um artigo, não o faríamos.

 

A lição que eu aprendi com esse livro curtinho, é que devemos aceitar quem nós somos. Entender como a nossa cabeça funciona e perceber os benefícios que a nossa maneira de ser nos trazem. Afinal, quem disse que esse não é o jeito certo? E qual o jeito certo? Existe um jeito errado de ser? 

Descubra o que funciona pra você e seja feliz. Frustração faz parte do processo, mas estamos cientes da nossa própria capacidade? As vezes penso que não.

 

Desde Dezembro de 2020 eu venho acompanhando alguns hábitos diários. Tem funcionado pra mim porque consigo enxergar as coisas que estou executando, percebo que estou em movimento, que estou executando algo. O hábito de procrastinar me trazia muito essa percepção de que não executo nada, mas eu executo, várias coisas.

 

Estipulei hábitos diários para 4 áreas da vida: Saúde, Intelectual/espiritual, Financeira/Profissional e Social/Familar. Para cada área, escolhi alguns hábitos dários, 2 ou 3 pra cada.

 

E acompanho diariamente a execução. Percebo por exemplo que não consigo passar mais do que 3 dias consecutivos sem consumir açúcar. Mas fiquei feliz ao perceber que todos os dias eu pratico algum exercício físico, seja treino, caminhada ou alongamento.

Todas as áreas são preenchidas todos os dias, pelo menos uma delas. E quando não preenchi nada no dia anterior, já me programo pra executar no dia. Os meus hábitos sociais por exemplo, as vezes passavam em branco.

 
Busquei um modelo de controle de hábito na encontrei na internet. Imprimi, fiz minhas marcações e pendurei no meu mural. 

 

Toda vez que me sinto frustrada e me pego pensando "Poxa, não fiz nada hoje" Eu olho para o meu controle, atualizo e percebo que sim, executei muita coisa. E principalmente, muita coisa que está alinhada ao meu objetivo.

Se você quiser o modelo, entra em contato comigo que eu te envio.

 

Resumindo:

  1. Crie um controle de hábito mensal. Pode criar do zero ou pegar um pronto.
  2. Estabeleça algumas áreas gerais da sua vida que são importantes pra você: Social, profissional, física, intelectual. Existem outras, escolha a que melhor se adaptar ao seu momento.
  3. Crie 2 ou 3 hábitos diários para cada área. Coisas que você faz todos os dias. Que já faz ou que quer começar. Nada muito complexo, ações imples.
  4. Acompanhe todos os dias.
  5. Ao final do mês, analise. O que você conseguiu manter. O que não conseguiu e porquê.
  6. Perceba o seu progresso e seja feliz!

 

O que você pode fazer hoje pra perceber o seu progresso?

4 horas ministradas
Sorocaba / SP
Especialização: Empreendedorismo e Inovação nas Engenharias (UNESP)
Coaching - Mentoria Coaching - TCC Gestão de Projetos e Análise de Risco Coaching de Gestão de Tempo Professional Coaching Orientação de Estudos Profissional Coaching para Empoderamento para mulheres
Engenheira há 14 anos. Posso ajudar você com matérias básicas de matemática ou mais complexas da Engenharia.
Oferece aulas online (sala profes)
R$ 50 / aula
Conversar Whatsapp do professor Priscila B. Whatsapp do professor Priscila B. Ver WhatsApp
1ª aula demonstrativa
Responde em 1 dia e 5 h
Cadastre-se ou faça o login para comentar nessa publicação.
em 3 de março de 2021

Sim, Lucas. Esse sentimento de cobrança vem mesmo. E normalmente quando eu leio ou assisto vídeos sobre isso o direcionamento é sempre que é um comportamento "errado".
O livro do professor John Perry me fez olhar por outro ângulo. É uma característica e posso sim conviver muito bem com ela.
Afinal, nós executamos sim, coisas importantes. Só precisamos enxergar isso com mais frequência.

Cadastre-se ou faça o login para comentar nessa publicação.
em 3 de março de 2021

Adorei o post, parabéns!!! Muitas vezes pego-me procrastinando e penso: Poxa, porque será que estou dessa forma. Era para eu está executando coisas essenciais para minha vida. E daí, vem aquela voz lá do fundo da cobrança interior.
Agradeço, mais uma vez adorei o artigo me fez refletir muito!

Cadastre-se ou faça o login para comentar nessa publicação.

Listas de exercícios, Documentos, Revisões de textos, Trabalhos?

Se seu problema for dificuldade em uma lista de exercícios, revisão de teses e dissertações, correção de textos ou outros trabalhos, peça uma ajuda pelo Tarefas Profes.

Enviar Tarefa

Confira artigos similares

Confira mais artigos sobre educação

+ ver todos os artigos

Encontre um professor particular

Busque, encontre e converse gratuitamente com professores particulares de todo o Brasil