Dicas pra que a empresa não seja a própria "Caixa"

Pensar fora ou dentro da "Caixa"? é uma escolha que pode não ser tão fácil quanto parece. Mas é possível com a inovação-criativa.

Administração Profissional Administração de Empresas Empreendedorismo Recursos Humanos Problemas Gestão de Processos Plano de Negócios Estratégia Empresarial Departamento Pessoal RH Geral
Dicas pra que a empresa não seja a própria "Caixa"
Wilson L.
em 21 de Outubro de 2020
No meu penúltimo vídeo (Quando a Empresa é a CAIXA) eu falo sobre o problema da tal "caixa" que todos pedem para pensar fora, mas que muitas vezes se manifesta na cultura da própria empresa. Ou seja, ninguém consegue pensar fora da caixa quando a caixa está ali, no ambiente onde trabalha. Isso é reforçado no último vídeo (Pensar fora da caixa: é mais fácil falar).

Não costumo dar "dicas", pois sei que cada caso é um caso e os problemas quando são resolvidos por fórmulas mágicas tendem a não serem resolvido, mas, em muitos casos, até escondidos. Tal como acontece quando tomamos um remédio errado para um problema e isso fortalece o vírus, justamente por não tratar o real problema.

Porém, contudo, todavia... eu bem sei que muitos gostam de dicas e, de certa forma, elas até podem ajudar a despertar um "pensa a respeito de...".

Sendo assim, lá vão as três dicas que podem te ajudar a pensar melhor sobre as "caixas" que podem atrapalhar (e muito) qualquer processo de inovação-criativa.

Mas farei da forma que mais me agrada. Comecemos questionando, depois eu comento , aí eu justifico e, aí sim, dou a dica. Então vamos lá.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Questão 1: quantos métodos a sua empresa já tentou implantar, a partir de uma proposta de cima para baixo, sem ouvir melhor seus colaboradores?

Desta questão poderíamos desdobrar em outras:

  • Sua empresa sabe ouvir as sugestões e ideias que recebe?

A tal história da caixinha de sugestões que vira um amontoado de papeis que ninguém dá realmente bola ou bota na roda para ser discutido, repensado, entendido melhor. O fato é que muitos lêem as ideias e não entendem que as pessoas pensam diferente, nem que muitos não conseguem escrever de forma clara e resumidamente.

  • Você tem líderes ou chefes?

Se forem chefes, eles mandam, trazem tudo mastigado e não se abrem para ideias que fogem das próprias verdades. Ou seja, quando ouvem, só conseguem fazer a partir daquilo que as pessoas dizem que é igual ao que este "chefe" acredita. Um tipo de reforço de ego, sem riscos, sem a necessidade de precisar pensar diferente.

  • Crie mecanismos para que as ideias, sugestões, enfim, a voz de seus colaboradores, clientes e fornecedores possa ser realmente ouvida, pensada, avaliada, e até testada, transformada, melhorada.
  • Não existe ideia ruim quando a gente consegue pensar com criatividade.

Exemplo: faz um bom tempo, em uma oficina de criatividade, um dos participantes sugeriu para uma campanha de cerveja, que a mãe apresentasse a marca para o filho. Daquela ideia estranha o grupo misturou a outras e a proposta foi para um vídeo de uma mulher que pula de paraquedas, desce triunfante numa reunião de amigos, que inclui o filho (maior de 25), e todos tomam cerveja em uma reunião alegre.

1ª DICA: normalmente, quando uma ideia é realmente inovadora, ela não costuma ser aceita de imediato. Ela até pode incomodar.
  • Ideias realmente inovadoras não são tão fáceis de aceitar quanto uma ideia que todo mundo já está acostumado, daquelas que todos gostam justamente por já estar lá dentro da caixa já faz tempo.
  • Muitas vezes as ideias inovadoras mexem com o conforto, a rotina, o modos operandi vigente. Então, compreenda, não é algo que vá agradar a todos. E, muitas das vezes, elas desagradam mais lá em cima do que lá embaixo, justamente porque hoje em dia, se percebeu que um colaborador valorizado, incentivado a pensar, motivado a se mostrar como alguém que pensa, é um dos elementos mais valiosos de uma empresa moderna.

DICA COMPLEMENTAR: Não julgue uma ideia antes de dizer a quem a deu: me explica melhor. Eu acho que não entendi bem. Como isso seria feito?

  • Ao invés de jogar um caminhão de "mas isso não funciona", "quando isso e aquilo acontece, o resultado é este", ou seja, colocando a "sua caixa" para limitar ou colocando a ideia em xeque, tente perguntar: "E como você acha que funcionaria em uma situação assim?"

E um comportamento de quem busca inovação-criativa é até o de ajudar a esta pessoa a pensar além... "a não ser que pudéssemos fazer algo a respeito como..." e jogue ideias, mesmo que sem pensar a respeito, pois é assim que boas ideias podem surgir.

OBS.: estou certo de que por aqui já descobrimos o quanto você realmente já pensou fora da caixa e o quanto achou que estava fazendo isso.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Questão 2: você conhece (de verdade) a cultura da sua empresa?

  • Não se trata aqui da cultura que você acha que sua empresa tem. Mas se conhece a cultura que sua empresa pratica, não somente em um local, mas em toda a empresa. E não falo aqui da que "irá implantar", mas da atual.

Aliás, para facilitar, a cultura que você "acha" que é a da sua empresa pode até estar em alguma Missão ou Visão. No entanto, quando não é parte de uma cultura, mas um "faz de conta", ela costuma ser constantemente desrespeitada pela própria diretoria. Seja quando a empresa entra em momentos de "crise" ou quando resolve impor alguma metodologia de cima para baixo, sem levar em consideração o que seus colaboradores pensam, entendem, acreditam, sabem (e estes sabem muito).

2ª DICA: uma cultura só é implantada (de verdade) se houver aceitação de todas as partes envolvidas.
  • Mas realmente precisa mudar algo, muita coisa ou tudo. Não importa. Sempre comece a mudar de vagar.
  • E se possível, comece em um local que aceite melhor e tenha poderes para ser exemplo. A diretoria, depois as gerências, e assim vai tudo sendo implantado com calma e exemplo.

Se lembra das viagens que já fez? Como você se adapta à cultura local? Como você consegue agir diferente do que está acostumado em seu país, estado, cidade, casa?

  • Este é o caminho para compreender como é possível implantar uma cultura da criatividade:

A convivência com aqueles que fazem diferente; O ambiente é preparado para isso; As pessoas fazem isso; Tudo no contexto te leva a não esquecer ou a lembrar.

  • Como latas de lixo com cores diferentes espalhadas pela cidade, nas qual os cidadãos jogam seus lixos com toda naturalidade

DICA COMPLEMENTAR: comece a mudar de vagar.

  • "A pressa é inimiga da perfeição", uma frase mais do que conhecida mas pouco utilizada em tempos de "tempo é dinheiro".
  • Respeite o ritmo de sua empresa. Se a imposição fosse a solução não teríamos tantas empresas com problemas de saída constante de bons colaboradores e hoje com dificuldades por não terem compreendido que estas saídas apenas enfraqueceram o próprio posicionamento, já que aqueles já o haviam assimilado e acreditavam nele.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Espero ter ajudado a iniciar um novo processo de pensar a inovação em sua empresa, seja você o proprietário ou um profissional que acredita em si e sabe que pode fazer diferença.

Mais dúvidas? Vamos conversando sobre isso. Comente aqui ou lá no canal do Etapa Criativa no Youtube que a gente pode aprofundar a discussão. Vamos mudar essa cultura que inibe a criatividade e, juntos, construir uma cultura da criatividade. Pense nisso!

3 horas ministradas
Maceió / AL
Mestrado: Mestrado em Arte e Cultura Visual (UFG - Programa de Pós-graduação em Arte e Cultura Visual)
Aprenda a teoria sem complicação e adaptada às suas necessidades e saberes. Prof. com mestrado, 20 anos de exp. profissional e 15 de sala de aula.
Oferece aulas online (sala profes)
Oferece aulas presenciais
R$ 60 / aula
Conversar Whatsapp do professor Wilson L. Whatsapp do professor Wilson L. Ver WhatsApp
1ª aula demonstrativa
Responde em 3 h e 25 min
Teste Cadastre-se ou faça o login para comentar nessa publicação.

Listas de exercícios, Documentos, Revisões de textos, Trabalhos?

Se seu problema for dificuldade em uma lista de exercícios, revisão de teses e dissertações, correção de textos ou outros trabalhos, peça uma ajuda pelo Tarefas Profes.

Enviar Tarefa

Confira artigos similares

Confira mais artigos sobre educação

+ ver todos os artigos

Encontre um professor particular

Busque, encontre e converse gratuitamente com professores particulares de todo o Brasil