Regime militar

Caracterize, política e socialmente, o período do Regime Militar? E quais eram e como eram as formas de atuação dos grupos de resistência da época?

Nana B.
Nana
perguntou há 10 meses

Sabe a resposta?

Ganhe 10 pts por resposta de qualidade
4 respostas
0
votos
Nenhum usuário votou nessa resposta como útil.
Professora Giovana S.
Respondeu há 10 meses
Aspectos políticos/sociais - ausência de democracia, supressão de direitos constitucionais, censura, perseguição política e repressão aos que eram contra o regime militar. Estas medidas eram colocadas em prática através dos Atos Institucionais.
Outras características : Censura aos meios de comunicação; Censura aos artistas (músicos, atores, artistas plásticos, etc.); Aproximação dos Estados Unidos; Controle dos sindicatos; Implantação do bipartidarismo: ARENA (governo) e MDB (oposição controlada); Enfrentamento militar dos movimentos de guerrilha contrários ao regime militar; Uso de métodos violentos, inclusive tortura, contra os opositores ao regime; “Milagre econômico”: forte crescimento da economia (entre 1969 a 1973) com altos investimentos em infraestrutura. Aumento da dívida externa.

Grupos de resistência - movimentos estudantis, manifestação de artistas através de suas obras, existência de movimentos guerrilheiros (urbanos e rurais), Movimento Nacionalista Revolucionário, Aliança Libertadora Nacional, Bancários do movimento sindical.

Formas de atuação da resistência - A atuação através de guerrilhas (resistência armada) foi pouco eficiente, mas atuou principalmente no estado de Minas Gerais. A resistência ganhou forte expressão e divulgação internacional através da arte - canções, poemas, obras de arte, roupas. Em toda forma de manifestação da arte encontrava-se a denúncia ao regime que estava em vigor no Brasil.
0
votos
Nenhum usuário votou nessa resposta como útil.
Professor Arthur C.
Respondeu há 9 meses


Em linhas gerais, pode-se caracterizar politicamente o Regime Militar (1964-1985) pelo autoritarismo. Ao longo do período houve eleições indiretas para presidente, cassação de mandatos políticos, censura à imprensa e à produção artística, suspensão de direitos políticos, tortura e execução de opositores. A sociedade encontrava-se amordaçada e passou por um processo de ampliação das desigualdades, fruto de uma política econômica que produziu crescimento econômico (até meados da década de 1970) às custas do arrocho salarial dos trabalhadores.

Em relação aos grupos de resistência, podemos dizer que eles assumiram formas variadas, indo desde a articulação de lideranças políticas de projeção nacional (como a Frente Ampla formada por Carlos Lacerda, João Goulart e Juscelino Kubitschek) à luta armada no campo e na cidade levada a cabo por grupos como a Vanguarda Popular Revolucionária (VPR) e o Partido Comunista do Brasil (PC do B), passando pela atuação parlamentar de políticos do MDB, pela revitalização do movimento sindical a partir de final dos anos 1970 e pela atuação de setores progressistas da Igreja Católica denunciando a tortura e defendendo a Reforma Agrária.

0
votos
Nenhum usuário votou nessa resposta como útil.
Professor Rodrigo B.
Respondeu há 8 meses
Olá, Nana

Políticamente o período militar foi bastante autoritátio, concentrando muito poder no Executivo, comandado por Militares. Havia basicamente dois partidos: Arena (pró-governo) e MDB (Oposição). O congresso esteve um período aberto, outro fechado, e chegou a ocorrer eleição indireta para a Presidência. Porém, todos esses processos foram coordenados pelos Presidentes, de modo que não é possível caracterizar o período como Democrático, mas sim como ditadura.

Socialmente foi um período de bastante retrocesso. A economia chegou a crescer em alguns anos (Milagre Economico) mas a pobreza e a desigualdade não foram combatidas. Ao contrário, o crescimento econômico só serviu aos poucos mais ricos. Houve arrocho salarial profundo, só permitido pela repressão às greves e todo tipo de protesto.

Espero ter ajudado.
Abraços
0
votos
Nenhum usuário votou nessa resposta como útil.
Professor Guilherme N.
Respondeu há 7 meses
Excelente resposta a da professora abaixo.

Professores particulares de História

+ Ver todos
Encontre e contrate um professor particular para te ajudar nos estudos.
Mogi das Cruzes / SP
Graduação: Farmacia bioquimica (Unifesp)
História do Brasil História Geral
Sou atualmente professora na Rede Emancipa e Plantonista na empresa Fera Anglo Social. Leciono aulas particulares a pouco mais de um ano, ajudando neste período alunos para vestibulares e concursos, principalmente. Estes obtiveram êxito em seus objetivos, alcançando conquistas e aumento significat ...
Oferece aulas online (sala profes)
Oferece aulas presenciais
R$ 40 / aula
Conversar Whatsapp do professor Giovana S. Whatsapp do professor Giovana S. WhatsApp
São Paulo / SP
Graduação: Economia (Universidade de São Paulo - USP)
História para Ensino Médio História para Vestibular Curso Superior de História História para Ensino Fundamental História Profissional História - Técnico História para Concurso
Sou formado em Economia pela USP Professor/Coordenador de Matemática no Personal Vestibulares (2014 - 2017). Coach para Vestibulares (2014 até o momento) Professor de aulas particulares desde 2011 até o momento. Projeto social de aulas para jovens carentes no Capão Redondo - SP Sei inglês, espanhol, ...
Oferece aulas online (sala profes)
Oferece aulas presenciais
R$ 60 / aula
Conversar Whatsapp do professor Paulo W. Whatsapp do professor Paulo W. WhatsApp
1ª aula demonstrativa
Responde em 3 h e 24 min

Pergunte aos nossos professores

Você possui uma lista de exercícios ou Trabalho?

Se seu problema for dificuldade em uma lista de exercícios, revisão de teses e dissertações, correção de textos ou outros trabalhos, peça uma ajuda pelo Tarefas Profes.

Enviar Tarefa