5 alimentos que todo estudante deve começar a comer

História da Arte
5 alimentos que todo estudante deve começar a comer
Profes
em 06 de Agosto de 2015

Já parou para pensar que o que você come ajuda até na hora de estudar? 

É cientificamente comprovado que nossos hábitos alimentares tem direta conexão com fatores de risco bem presentes na população, como obesidade, hipertensão arterial, alteração nos níveis de glicose sanguínea, entre outros. Sabe aquela história "você é o que você come"? Então! É ela que define como nosso corpo funciona e a qualidade de nossas atividades. 

Você senta para estudar, aquele é o seu tempo reservado para isso e nada prende a sua atenção. A mosca que passa, o celular que toca, um barulho na rua, tudo parece contribuir para a sua distração. Ou, você estuda o mês inteiro, deu uma boa revisada na matérias nos últimos dias e na hora da prova o nervosismo apaga tudo da sua memória. Parece familiar, não é mesmo? Já explicamos que tudo isso é potencialmente influenciado pela nossa alimentação, por isso, o Profes separou 5 alimentos que não podem faltar na dieta de quem estuda e quer melhores resultados. São esses:

Peixe: 

O peixe é rico em ômega 3. Essa vitamina faz bem à concentração e à memória, melhorando o desempenho cognitivo, da atividade cerebral e comunicação entre as células do cérebro. Uma pesquisa realizada pela Northumbria University, do Reino Unido, constatou que o consumo de peixe melhora a circulação cerebral e diminui as chances de demência ao envelhecer. O ômega 3 também pode ser encontrado em linhaça e frutas.






Arroz: 

O principal combustível para o funcionamento adequado do cérebro é a glicose. Portanto, os alimentos mais importantes para fornecer energia são os ricos em carboidratos, como por exemplo o arroz, que é rico em vitaminas A, B1, B2, B3, B6 e E, contribuindo para a formação de glóbulos vermelhos e estimulam a regeneração celular.



Chocolate:

O chocolate contém vários estimulantes naturais que ajudam na concentração e incentivam a produção de endorfinas, promovendo o bom humor. Neste caso o chocolate preto é o mais saudável. Além disso, ele possui teobromina, vitamina muito parecida com a cafeína que estimula a concetração.

 

Ovo:

O ovo estimula a formação dos neurônios e repara as células cerebrais, isso se dá por uma vitamina denominada colina presente principalmente na gema do ovo, melhorando o aprendizado e estimulando a memória. Outros alimentos com alto conteúdo colina são brócolis e couve.

 

Água: 

Todos sabemos da grande importância da hidratação. Sintomas como dores de cabeça, fraqueza, náuseas, cãibras e dificuldades para focar visualmente podem desaparecer na hora dos estudos se o corpo estiver bem hidratado. Beber água pode ajudar o cérebro a trabalhar mais rápido. Segundo uma pesquisa da Universidade do Leste de Londres, pessoas que tomam 500 ml de água antes das tarefas intelectuais têm 14% de melhora nas atividades cerebrais.



E você, tem algum alimento que não pode faltar na sua rotina de estudos? Nos dê a sua dica e ela poderá aparecer no próximo post do Profes.

Bons estudos! ;)

Cadastre-se ou faça o login para comentar nessa publicação.

Confira artigos similares

Confira mais artigos sobre educação

Ver todos os artigos

Encontre um professor particular

Busque, encontre e converse gratuitamente com professores particulares de todo o Brasil